Apresentação - Sport x Ponte Preta

 Sport e Ponte Preta se enfrentam nesta quinta-feira, pela 33ª rodada do Brasileiro 

RADAR/LANCE!
26/10/2016
15:34
Recife (PE)

A 33ª rodada do Campeonato Brasileiro tem início nesta quinta-feira com o duelo entre Sport e Ponte Preta. Os times se enfrentam às 20h30, na Ilha do Retiro, no Recife. Em momentos distintos na competição, as duas equipes ainda lutam por seus objetivos. Enquanto o Sport tenta se afastar da zona do rebaixamento, a Ponte busca voltar a vencer para manter o sonho de conquistar a vaga no G6.

Para o duelo desta quinta,  o técnico Daniel Paulista comandou uma atividade em campo reduzido. Os jogadores que atuaram na última rodada fizeram apenas um trabalho físico. Pelo lado da Ponte, Eduardo Baptista não fez mistério. O comandante da Macaca testou apenas uma alteração na equipe titular: William Pottker entrou na vaga de Roger, suspenso. 

Artilheiro da Ponte com 11 gols, Pottker está confiante no resultado positivo mesmo fora de casa.

- Temos que entrar muito focados para fazer mais um bom primeiro tempo, sem tomar gols e usar o que temos de melhor, que é a velocidade. Nós sabemos da força do Sport lá em Recife e vamos entrar focados, para obedecer a parte tática do professor Eduardo Baptista. Tenho certeza que vamos fazer um grande jogo e trazer pontos para Campinas - declarou o atacante.

No Brasileiro, a Ponte ocupa a décima colocação, com 45 pontos, enquanto o Sport soma 37 pontos, na 16ª colocação. Caso vença, a distância para a zona do rebaixamento pode aumentar para cinco pontos.


SPORT X PONTE PRETA
Motivo:
33ª Rodada do Campeonato Brasileiro 
​Local: Ilha do Retiro, no Recife (PE)
Data/hora: 27/10/16 - 20h30 (de Brasília)
Árbrito: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro A Rocha de Matos (BA) e Dibert Pedrosa Moises (RJ)

SPORT: Magrão, Ronaldo, Rene, Matheus, Rithely, Rodney, Samuel, Paulo,
Diego Souza, Rogério e Everton. Técnico: Daniel Paulista. 

PONTE PRETA: 
Aranha, Nino Paraíba, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Reinaldo; João Vitor, Wendel e Maycon; Rhayner, Clayson e Pottker. Técnico: Eduardo Baptista.