Ricardo Gomes

Comandante alvinegro conversou com a imprensa nesta sexta-feira (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Vinícius Britto
15/07/2016
13:30
Rio de Janeiro (RJ)

A grande dúvida do Botafogo para o clássico deste sábado, contra o Flamengo, é em relação a titularidade ou não de Canales na estreia da Arena Botafogo. Até por isso, a primeira pergunta da coletiva do técnico Ricardo Gomes - nesta sexta-feira - foi em relação ao centroavante chileno. E o comandante fez questão de manter a dúvida em relação a presença do camisa 9 no jogo:

- Canales está relacionado, mas vamos esperar um pouco para ver se vai começar jogando. Ele fez esses treinamentos com bola, e fez bem. Essa dúvida está comigo e é sobre iniciar o jogo ou não. Sinceramente, não sei.

A expectativa é de casa cheia para o clássico deste sábado. A procura por ingressos foi grande no decorrer da semana, e a tendência é de que todos os bilhetes estejam esgotados para a partida na Ilha. E a expectativa de todos no Botafogo é de que a torcida consiga exercer o papel de 12º jogador.

- Apoio é o mais importante. Mas é claro que isso é uma troca. Ela vai apoiar, mas quer o time bem, dominando e não sofrendo. Essa é a proposta - disse o comandante, que projetou também um duelo diferente em relação ao do Carioca, que terminou empatado em 2 a 2, em Juiz de Fora.

- Diferente do Carioca, no Brasileiro o Flamengo tem uma diferença de pontos, e temos que recuperar. Quando você vence o clássico, você sai moralizado e fica mais fácil. Essa é a nossa ideia. São os três pontos que valem, mas a parte psicológica evoluiria também - completou o técnico do Botafogo.