chalé domingos martins

Casa de Luiz Heleno foi decorada para receber bem a delegação alvinegra (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Felippe Rocha
14/01/2016
06:00
Enviado especial a Domingos Martins (ES)

A paixão do torcedor pelo seu clube de coração é algo quase sempre incomensurável. Porém, os atletas do Botafogo puderam entender o quão apaixonado pelo Glorioso o aposentado Luiz Heleno Nunes, de 62 anos, é. Assim que chegaram ao China Park, os atletas viram quatro bandeiras num mesmo chalé. Decoração feita para os atletas se sentirem bem no período em Domingos Martins.

- Medimos os espaços e mandamos fazer as bandeiras para acolhermos o elenco. São três que encomendamos, até desenhamos, e compramos uma outra - explica Luiz Heleno, ao LANCE!.

Mas fica longe de ser apenas do lado de fora da casa, a primeira comprada no parque, o sentimento materializado por Luiz. Dentro do chalé, a simbologia alvinegra está do banheiro à adega.

- Ah, já perdi a conta. Não sei mais quantos objetos do Botafogo eu tenho - admite o fanático.

Natural de Uberlândia (MG), mas radicado em Vitória, também no Espírito Santo, sempre que pode ele vai aos jogos do Glorioso no Estádio Nilton Santos.

- Procuramos ir aos jogos. Fomos contra o Bahia e contra o Santa Cruz, no ano passado. Ao longo dos anos, vimos finais, vimos o Botafogo ganhar e vimos perder também, faz parte - explica.

O Botafogo continua no resort nesta semana e na próxima. Como o chalé citado fica num ponto alto do parque, os jogadores, inevitavelmente, tem a estrela solitária como referência. No alto.

Assim como Luiz e a família de alvinegros, a torcida em todo país espera que a estada no Espírito Santo dê resultado. Resta esperar. A começar no Estadual.