Aída, uma mulher de garra

Aída, uma mulher de garra - Divulgação

O Negócio é Esporte
10/03/2016
10:17
Rio de Janeiro

No mês de março o Sesc Taubaté, em São Paulo, promove o “Move Mulher”, programação voltada para o público feminino e que inclui a exibição de documentários sobre a vida e trajetória de atletas brasileiras representantes do esporte nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. A iniciativa faz parte do projeto “Memória do Esporte Olímpico Brasileiro”. Hoje (10), às 19h30, será exibido “Maria Lenk: a essência do espírito olímpico”, que lembra a história da nadadora brasileira. Logo em seguida, às 20h, entra em ação “Rainha Hortência e Magic Paula”, que retrata a trajetória de duas das maiores jogadoras de basquete de todos os tempos no mundo, integrantes da vitoriosa geração de basquetebol feminino do Brasil nos anos 1990. Já no dia 24 de março, às 19h30, será exibido “5 X Yane”, documentário que narra a caminhada da pentatleta Yane Marques, medalha de bronze em Londres 2012. Mais tarde, às 20h, o vídeo escolhido é “As Lutas de Adriana”, que retrata a história de Adriana dos Santos, a primeira mulher brasileira a ganhar uma medalha olímpica no boxe. Para fechar a programação, no dia 31 de março, às 19h30, será exibido “Bete do Peso”, que fala sobre a vida de Maria Elisabete Jorge, a primeira levantadora de peso a defender o Brasil em uma Olimpíada. E às 20h, o documentário escolhido é “Aída, uma mulher de garra”, sobre a história de Aída dos Santos, a única mulher da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 1968. As exibições dos documentários são gratuitas e ocorrem na unidade Sesc Taubaté, que fica na Avenida Engenheiro Milton de Alvarenga Peixoto, número 1264, na Esplanada Santa Terezinha.

* Acompanhe notícias sobre marketing esportivo, em O Negócio é Esporte. No rádio, na web e no Diário Lance!