Gabi em ação pelo Itambé/Minas

Gabi em ação pelo Itambé/Minas (Orlando Bento/Divulgação Minas)

Web Vôlei
18/03/2019
20:53
São Paulo

No confronto entre o primeiro e o oitavo colocados da fase classificatória da Superliga Cimed Feminina 2018/2019 de vôlei, o Itambé/Minas comprovou o favoritismo e derrotou o Curitiba por 3 sets 0 - parciais de 25-18, 32-30 e 25-19 -, na noite desta segunda-feira, em Curitiba (PR), na abertura dos playoffs em melhor de três das quartas de final.

Foi o mesmo resultado dos dois encontros anteriores na atual temporada da competição nacional.

O segundo jogo será quinta-feira, às 19h, na Arena do Minas, em Belo Horizonte (MG), com transmissão pelo SporTV 2. Novo triunfo do time de Stefano Lavarini confirmará a vaga na semifinal. O terceiro duelo, se necessário, será novamente na casa das minastenista, na próxima segunda (dia 25), no mesmo horário e também com transmissão.

Na abertura das quartas de final, o Minas colocou em quadra sua força máxima. E desde os primeiros pontos ficou nítida a diferença técnica com Curitiba.  Gabi iniciou a partida com aproveitamento altíssimo no ataque. Natália também apareceu bem, fazendo com que Macris não usasse tanto sua bola de segurança pelo meio com Gattaz e com Bruna Honório na saída de rede.

O técnico Clésio Prado pediu ao time paranaense um pouco de agressividade, já que Curitiba parecia respeitar demais o Minas no primeiro set, com um saque nada eficaz. Sem incomodar a linha de passe mineira, as donas da casa foram presas fáceis.

Um novo puxão de orelhas do treinador paranaense fez o panorama do jogo mudar. Em boa passagem de Paquiardi no saque, o bloqueio de Curitiba apareceu para pontuar e proporcionar contra-ataques. Com 4 a 0 no placar, Lavarini pediu tempo. A vantagem não durou muito e um pouco de bloqueio de Carol Gattaz, para fazer 9 a 8, decretou a virada do Minas. O jogo seguiu equilibrado até o 15º ponto, com várias boas defesas das líberos Léia e Ju Paes. O jogo seguiu parelho, com Sabrina e Natália dividindo as atenções no ataque. Curitiba teve set point no 24 a 23, desperdiçou. Teve outras duas oportunidades na sequência e não conseguiu fechar. Após um erro de ataque, o Minas, que teve Mara como destaque na virada de bola na reta final do set, fechou em 32 a 30.

Na terceira parcial, o nível de jogo continuou altíssimo. Com muito volume na defesa, Curitiba vendeu caro os pontos e conseguiu manter o equilíbrio no placar até o 11º ponto. Uma boa passagem de Natália pelo saque permitiu ao Minas abrir uma pequena vantagem na sequência. A margem estreita foi aumentando após erros das paranaenses até o time visitante sacramentar a vitória por 25 a 19.

Natália foi eleita a melhor em quadra e faturou o Troféu VivaVôlei. A central Mara terminou o duelo com 17 pontos. Sabrina, com 19, foi a destaque de Curitiba.

Nesta terça-feira, dois jogos encerram a primeira rodada das quartas de final. O Hinode/Barueri, quarto na tabela, pega o Osasco/Audax, quinto, às 19h, no Ginásio José Correa, em Barueri (SP) e, na sequência, às 21h30, o Sesi-Bauru enfrenta o Sesc RJ, às 21h30, no Panela de Pressão, em Bauru (SP). Todos os jogos terão transmissão pelo SporTV 2.