Rodriguinho, melhor do jogo na vitória do Sada Cruzeiro

Rodriguinho defende o Sada/Cruzeiro (Foto: Alex Júnior/Vôlei UM)

Web Vôlei
06/09/2019
18:09
São Paulo

O ponteiro Rodriguinho, do Sada/Cruzeiro, foi flagrado em exame antidoping realizado durante os Jogos Pan-Americanos de Lima, mês passado, no Peru.

O jogador de 23 anos teria ingerido um suplemento alimentar, contendo uma substância proibida, sem avisar a comissão técnica da Seleção Brasileira masculina de vôlei.

A informação foi revelada pelo Estado de S. Paulo.

Rodriguinho está suspenso preventivamente por 30 dias. Mas a pena pode aumentar.

A CBV aguarda o recebimento da notificação oficial da organização dos Jogos Pan-Americanos sobre o doping. O Sada/Cruzeiro publicou uma nota oficial nesta sexta-feira sobre o caso. O clube se baseia no bom comportamento de Rodriguinho, acreditando em um descuido.

"O Sada Cruzeiro não recebeu notificação oficial sobre o caso. Durante os últimos 90 dias o atleta Rodriguinho serviu à seleção brasileira e o clube se posicionará somente após ter acesso às informações e análises laboratoriais que permitam entender o ocorrido. O Sada Cruzeiro mantém um programa de rígido controle e de análise sobre todos atletas de seu elenco, não tendo registrado, em 13 anos, nenhum caso de uso incorreto de medicamentos ou suplementos. Rodriguinho é um atleta muito sério e comprometido. Ele conta com nossa confiança, e daremos apoio para que o caso possa se esclarecer adequadamente".

O Sada/Cruzeiro estreia na próxima quinta-feira no Campeonato Mineiro contra o Lavras Vôlei, às 20h, em Sete Lagoas. Rodriguinho não esteve nas convocações seguintes da Seleção após o Pan-Americano.