Werley - Vasco

Vasco jogará no Espírito Santo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

LANCE!
19/02/2019
18:40
Cariacica (ES)

Depois de ser campeão da Taça Guanabara com a vitória por 1 a 0 contra o Fluminense no último domingo, o Vasco volta a entrar em campo nesta quarta-feira, contra o Serra (ES), pela segunda fase da Copa do Brasil. Invicto na temporada com sete vitórias em oito jogos, o Cruz-Maltino entra como favorito no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica, às 21h30, mas o zagueiro Werley pediu atenção da equipe.

- Temos que assumir o favoritismo por se tratar de uma equipe gigante, mas sabemos que futebol se resolve em campo. O Serra tem uma grande equipe, mas vamos procurar nos impor e fazer o que vínhamos fazendo para sairmos classificados. Queremos dar sequência ao trabalho e dar alegria ao torcedor - afirmou o jogador.

A regra desta fase é diferente da primeira. Agora, uma igualdade no placar leva o duelo para a disputa de pênaltis.

- O empate não classifica ninguém, é diferente da primeira fase. Viemos para vencer o jogo, independente de ter ou não o resultado a favor. Estamos bem no Carioca, mas é um jogo decisivo. É o jogo da vida do Serra e nosso. Temos que nos impor para dar sequência na competição que é importante para o clube - falou.

Na partida contra a Juazeirense, na primeira fase, o Vasco sofreu e, graças a um pênalti no final, garantiu a classificação. O gramado do Estádio Adauto Moraes foi um fator de muita reclamação dos jogadores. O atacante Maxi López, inclusive, disse "nunca vi um campo assim". No palco do jogo desta quarta, porém, o cenário é diferente.

- Facilita muito um gramado bom, porque nosso jogo é de posse de bola, trabalhamos muito isso nos treinamentos. Contra o Juazeirense fomos prejudicados, não conseguimos fazer aquilo que o Alberto (Valentim) sempre nos pede. Mas o importante foi sair classificado. Amanhã será um campo totalmente diferente, que nos dará condições de jogo. Estamos esperançosos para fazer uma grande partida.

Veja outras declarações:

Torcida


- Nossa torcida é espetacular. Foi assim em Juazeiro e tenho certeza que será no Espírito Santo. Outros jogadores já vieram aqui e disseram que sempre que o Vasco vem jogar o estádio fica cheio. É importante contar com o apoio deles. Contra o Fluminense, depois que a torcida chegou, mudou o clima. Faz a diferença.

Serra

- Sabemos que é uma equipe bem organizada. Um camisa 10 inteligente, um atacante chato, alto. Tem outras qualidades também. Mas precisamos nos impor. Temos o objetivo de conquistar o torneio e vamos fazer de tudo para sair classificado.

placeholder