Vasco x Confiança

Vasco alcançou a quarta vitória na Série B e se aproximou do G4 da competição (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Felipe Melo
03/07/2021
18:34
Rio de Janeiro (RJ)

Em São Januário, o Vasco voltou a vencer na Série B do Brasileirão. Com gol de MT, o Gigante da Colina derrotou o Confiança (SE), aliviou a pressão e chegou a 13 pontos na competição. Com o triunfo, a equipe comandada por Marcelo Cabo alcançou a sexta colocação, mas pode perder posições ao longo da rodada. O time sergipano segue com oito pontos, na 15ª colocação.

O próximo compromisso do Vasco na competição será diante do Sampaio Correa também na Colina Histórica. A partida está marcada para o dia 9, às 19h, na sexta-feira. O Dragão Sergipano, por sua vez, entra em campo no sábado, às 19h, contra o Vitória, no Bastistão. 

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro 


MT abre o placar
A partida começou em São Januário com as duas equipes propondo o jogo. Contudo, a primeira oportunidade foi vascaína com MT. O camisa 32 recebeu na entrada da área e acertou um bom chute de direita, mas a bola foi para fora. Minutos depois, Gabriel Pec deu uma bela arrancada vindo de trás. O atacante construiu jogada e tocou para Marquinhos Gabriel, que só rolou para MT abrir o placar para o Vasco.

Dragão leva perigo
Após abrir o placar, o Cruz-Maltino diminuiu o ritmo, e o Confiança enfileirou duas chances, que incomodaram o goleiro Vanderlei. Na primeira delas, Daniel Penha soltou a bomba de fora da área e obrigou o arqueiro vascaíno a fazer uma ótima defesa. A recomposição dos donos da casa não foi bem feita, deixando espaços que foram aproveitados por Álvaro. O jogador bateu forte, mas Vanderlei segurou firme e salvou.

Olho no lance!
O Confiança fez uma pressão e apostava nas bolas na área para Hernane Brocador. Em um jogada pela direita, Álvaro foi calçado por Zeca na área e pediu pênalti. Em virtude da ausência do VAR na Série B do Campeonato Brasileiro, o lance não pode ser revisado, e o árbitro Rodrigo Batista Raposo (DF) deu sequência ao jogo.

No fim do primeiro tempo, o Confiança tinha mais volume de jogo e por pouco não saiu com o empate. Depois de um cruzamento na área, Gustavo Ramos desviou de cabeça, e por um triz o centroavante Hernane Brocador não alcançou a bola, levando muito perigo à meta vascaína.

Ele não costuma perder
Na volta do intervalo, o Vasco assustou e Germán Cano perdeu um gol inacreditável. Depois uma bola longa, Figueiredo escorou e deixou o centroavante na cara do gol. O camisa 14, que não costuma perder esse tipo de gol, mandou por cima da meta do gol de Rafael Santos. Em outra boa chegada do time carioca, Zeca recebeu na entrada da área e finalizou em cima de Rafael Santos. 

Aposta na base
Durante o segundo tempo, o técnico Marcelo Cabo fez algumas alterações e apostou na base. Diante dos desfalques, ele colocou Figueiredo, Caio Lopes e Arthur Sales em campo, além do argentino Sarrafiore. Em boa trama, Figueiredo arriscou de longe e obrigou Rafael Santos a fazer grande defesa. Em outro bom momento de um jogador da base cruz-maltina, Arthur recebeu pela direita, cortou, e bateu com perigo. 

Pressão no fim
No parte final do jogo, o Confiança se lançou ao ataque de qualquer maneira, baseado em bolas alçadas na área. No entanto, faltou efetividade e uma pouco de qualidade para empatar. Vanderlei conseguiu afastar a maioria das bolas alçadas na área e garantiu a vitória. Em um rápido contra-ataque, Zeca tocou para Cano que livre não conseguiu ultrapassar Rafael Santos, que desarmou o argentino. 

FICHA TÉCNICA
Vasco 1x0 Confiança

Data/Hora: 03/07, às 16h30
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Kleber Alves Ribeiro (DF) e Lucas Torquato Guerra (DF)
Quarto árbitro: Rejane Caetano da Silva (RJ)
Cartões Amarelos: MT e Zeca (VAS) / Rafael Santos, Gustavo Ramos e Nirley (CON)
Cartões Vermelhos: nenhum

Gols: MT (13'/1T) (1-0)

VASCO (Técnico: Marcelo Cabo)
Vanderlei; Léo Matos, Leandro Castan, Ernando e Zeca; Andrey (Miranda 41'/2T), Michel (Figueiredo - intervalo) e MT (Arthur Sales 25'/2T), Marquinhos Gabriel (Sarrafiore 25'/2T); Gabriel Pec (Caio Lopes 25'/2T), Cano 

CONFIANÇA (Técnico: Rodrigo Santana)
​Rafael Santos; Marcelinho, Nirley, Leandro Silva e João Paulo; Gilberto (Bruno Sena 26'/2T), Álvaro (Ítalo 38'/1T), Daniel Penha (Renan Areias 17'/2T); Neto Berola, Gustavo Ramos (Robinho 18'/2T) e Hernane Brocador (Alex Henrique 26'/2T)