Matheus Guimarães
30/04/2022
22:29
Rio de Janeiro

Os sócios do Vasco aprovaram, na Assembleia Geral deste sábado na sede do Calabouço, a inclusão da SAF no estatuto do clube. Com 3.260 votos a favor e 925 contra, os vascaínos abriram caminho para a chegada da proposta vinculante da 777 Partners. Além disso, 1.691 sócios não votaram e 25 se abstiveram. Agora, a expectativa é que a empresa faça a oferta nas próximas semanas. Esta primeira AGE foi considerada uma prévia do que está por vir na próxima.

Apesar de mais uma judicialização horas antes - o Cruz-Maltino conseguiu reverter a decisão da Justiça -, o pleito transcorreu de maneira tranquila durante o dia inteiro. A votação foi encerrada as 22h e o resultado foi anunciado por volta de 22h30. A Assembleia foi de maneira híbrida com sócios votando presencialmente, na sede do Calabouço, e virtualmente.

AGE Vasco
AGE aconteceu de forma tranquila (Foto: Matheus Guimarães/LANCE!)

A empresa responsável pelo sistema de votação foi a 'Tafner' e pela auditoria foi a 'The Perfect Link'. Dos 4.210 votantes, 93,56% fizeram de forma virtual e 271 votos (6,44 %) foram feitos presencialmente.

Agora, a 777 Partners pode efetuar a proposta e, após, será marcada uma nova reunião no Conselho Deliberativo para que a oferta seja votada pelos conselheiros, ainda neste mês de maio. No caso de aprovação, será marcada uma nova AGE, para que os sócios do clube possam escolher se o futebol do Vasco será vendido, ou não, para a empresa norte-americana.

No caso de rejeição, o mecanismo da SAF já estará no estatuto do clube, que poderá procurar outras propostas.