Grêmio x Vasco - Luxemburgo

Luxemburgo, durante a partida entre Vasco e Grêmio, no Campeonato Brasileiro (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Luiza Sá
16/07/2019
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Nada de um jogador apenas para compor elenco. Ainda analisando o mercado, o Vasco busca reforços certeiros para melhorar de imediato o rendimento da equipe e suprir as necessidades. Entre atletas que apareceram no radar e outros que interessaram, a diretoria prega cautela para fugir de apostas e evitar gastar o pouco dinheiro que está em caixa atualmente.

Na atual janela, o Cruz-Maltino contratou o volante Richard e Marquinho, que chegaram conquistando a vaga entre os titulares e eram necessidades reais do time. O outro setor mais importante neste momento é o ataque. Maxi López deixou o clube no dia 24 de maio e desde então os dirigentes se movimentam para ter uma reposição. O técnico Vanderlei Luxemburgo falou sobre o assunto após a derrota para o Grêmio.

- Não tem nenhum jogador contratado. Bem claro. Temos conversado bastante sobre a possibilidade de trazer um jogador, mas é coisa de analisarmos com presidente, diretor, e tem que ser pontual. Estão chutando muito, mas é normal. Os que nós fomos atrás, concretamente, o da LDU (Anangonó), e perdemos para a China. Era interessante, mas competir com eles é difícil - disse Luxemburgo.

As falhas no planejamento cruz-maltino ficaram claras ao longo do primeiro semestre. Nomes como Bruno Silva, Thiago Galhardo, Luiz Gustavo e William Maranhão, por exemplo, chegaram a renovar o contrato recentemente. O primeiro vive batalha judicial para se desvincular da equipe e o segundo conseguiu uma liminar para atuar pelo Ceará. 

Cláudio Winck, Ribamar, Jairinho e Vinícius Araújo, que foram dispensados antes da viagem para Foz do Iguaçu, nem chegaram a completar um ano de clube. Dos 28 reforços que foram contratados pela gestão de Alexandre Campello até o momento, onze já deixaram o clube ou estão fora dos planos. Com pouco dinheiro em caixa e pressão por bons resultados, o Vasco quer evitar novos casos parecidos.

placeholder