Montagem Vasco - Miranda e Marcelo Alves

Miranda e Marcelo Alves substituem, respectivamente, RIcardo Graça e Castan (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

LANCE!
06/09/2020
07:35
Rio de Janeiro (RJ)

O confronto entre Vasco e Athletico-PR trará uma nova chance para Miranda e Marcelo Alves comprovarem qualidade no setor defensivo cruz-maltino. Designados como substitutos, respectivamente, de Ricardo Graça (com Covid-19) e de Leandro Castan, que será poupado. Os dois entram em campo neste domingo, em São Januário às 18h, com uma sucessão de desafios.

Considerados promissores, ambos têm a missão de conter o ímpeto de um Athletico-PR que desembarca na Colina ávido por quebrar uma seca de vitórias que já dura quatro partidas na competição nacional. Além disto, cada um tenta mostrar que, mesmo sendo jovem, já carrega uma vivência.

Capitão durante as categorias de base no Cruz-Maltino, Miranda teve sua primeira chance entre os profissionais ainda com o técnico Zé Ricardo. Após ter alternado entre a base (e fez parte de times que fizeram grandes campanhas no sub-20) e os momentos nos quais foi relacionado para o time principal, o defensor tem a chance de engatar um bom desempenho na equipe de Ramon Menezes.

O jogador de 20 anos ainda conta com um trunfo: a convivência com Ramon Menezes que, no período no qual estava na comissão técnica, via de perto a ascensão dos jovens cruz-maltinos. Após conseguir neste ano uma sequência entre os profissionais (está prestes a fazer sua sétima partida na temporada) e ter suado para ganhar uma oportunidade, Miranda luta para se mostrar essencial na Colina.

Enquanto isto, Marcelo Alves começa a traçar seu caminho. Passado o "batismo" de fogo de estrear pelo Vasco justamente em um difícil empate em 2 a 2 com o Santos na Vila Belmiro, o defensor já pode dosar o que vem aprendendo na Colina com a experiência de ter de se desdobrar em clubes de menor investimento.

Com passagens por Madureira e Rio Branco-ES, o jogador de 22 anos sinalizou, na quarta-feira passada, que não teme oportunidades que surjam em cima da hora e depositou as fichas de que o Vasco possa crescer caso pense como grupo.

Em São Januário, a dupla tem uma nova chance de entrar em sintonia definitiva e abrir caminho para que o Vasco obtenha os três pontos diante do Athletico-PR. E, principalmente, comprovarem para o técnico Ramon Menezes que podem se completar em campo, acirrando a disputa no setor defensivo.