LANCE!
08/09/2021
15:24
Rio de Janeiro (RJ)

O sonho de Lisca acabou. Apresentado dizendo dar um passo que sempre sonhou na carreira, o técnico pediu demissão e não é mais técnico do Vasco. Foram 12 jogos à frente do time de São Januário, com quatro vitórias, um empate e sete derrotas. Aproveitamento de pouco mais de 36%.

Vasco - Lisca
Lisca não conseguiu fazer muito no Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

- Estou passando para me despedir de vocês, do clube. Agradecer a todos. Todos os funcionários, jogadores, colaboradores, e em especial ao Alexandre Pássaro, gerente nosso clube e ao presidente (do Vasco) Jorge Salgado. A gente tentou de todas as maneiras buscas os objetivos do clube no curto prazo que a gente tinha para trabalhar e infelizmente os resultados não vieram. Como isso não aconteceu, hoje estou me desligando do clube e desejo um grande final de campeonato, que o Vasco busque seu objetivo que é o acesso - disse Lisca.

Lisca pediu reforços, mas não chegou a utilizar nem os primeiros a serem anunciados: o zagueiro Walber, emprestado pelo Cuiabá, e o ponta Jhon Sánchez, cedido pelo Independiente del Valle, do Equador.

>> Veja os técnicos brasileiros que estão livres no mercado

Confira a nota publicada pelo site oficial do clube:

"O Club de Regatas Vasco da Gama informa que Lisca não é mais o treinador do Clube. O profissional solicitou seu desligamento ao Departamento de Futebol nesta quarta-feira (08/09), antes do primeiro treinamento da equipe visando o duelo contra o CRB (AL), pelo Campeonato Brasileiro.

O Vasco da Gama agradece ao técnico, assim como aos auxiliares Márcio Hahn e Cauan de Almeida, por todo empenho e dedicação ao longo do período à frente do Clube.


>> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

O auxiliar técnico Fábio Cortez e o preparador físico Daniel Félix, que fazem parte da comissão permanente do Vasco, comandarão os treinamentos até a definição do novo treinador para a sequência da temporada."