Operário x Vasco - Andrey

Volante do Vasco deu declarações fortes após nova derrota do time na Série B (Foto: Reprodução/Premiere)

LANCE!
21/08/2021
21:14
Ponta Grossa (PR)

O volante Andrey não mediu palavras ao falar sobre a situação do Vasco na Série B do Brasileiro. Após a equipe sair de campo sofrendo a derrota por 2 a 0 para o Operário-PR (no terceiro revés consecutivo cruz-maltino na competição), em jogo válido pela 20ª rodada realizado na noite deste sábado, o camisa 6 desabafou. 

- Sinceramente, como cria do Vasco, aqui desde os 5 anos, tenho vergonha de vir aqui falar para os 20 milhões de torcedores que nos apoiam. Nosso sentimento tem de ser de vergonha na cara. Temos de ser duros com nós mesmos. Não temos de esperar chegar ao fundo do poço para reagir. Temos de pôr a cabeça no travesseiro, se está dando 100%, tem que entrar dando 300%, porque é muito difícil chegar aqui e, com todo respeito à equipe do Operário, do Londrina, de quem ganhou da gente na Série B,  a gente tem que botar a cara, tem que estar entre os quatro - e emendou:

- Eu me sinto desrespeitando a torcida do Vasco por tudo que a gente está passando. Peço desculpa a todos, mas temos que mudar a chave. Não adianta chegar aqui, ficar só falando, falando, falando e na próxima partida acontecer a mesma coisa. Foi contra o Londrina, foi igual a hoje... - completou.

+ Veja a tabela da Série B do Brasileiro e simule os resultados

O meio-campista exigiu uma nova postura do elenco do Cruz-Maltino.

- Temos de ter vergonha na cara, senso, de saber que está uma m..., que está uma b... e mudar. Se a gente não mudar, vai continuar na Série B, aí não tem apoio, não tem renda, não tem nada que vai nos ajudar trabalhar - disse.

Andrey valorizou a tradição do Cruz-Maltino, que neste sábado completou 123 anos de sua fundação para pedir mobilização do elenco. E alertou.

- A gente tem que saber essa camisa que está vestindo, porque o Vasco é gigante, clube de tradição, de muita história no futebol. Temos de trabalhar, reverter logo essa situação, porque o lugar do Vasco é na Série A. Falo com vergonha na cara, triste, com um sentimento de m... Peço desculpas à torcida vascaína, sei o que é vestir essa camisa. O sentimento de vocês é o meu, peço perdão. Tentarei falar com meus companheiros para mudarmos essa situação logo, virar a chave - afirmou.