Thiago Wild

Lucas Balduíno

TÊNIS NEWS
31/08/2020
20:58
Nova York (EUA)

Thiago Wild, número 113 do mundo, atleta do Instituto Tennis Route, conheceu seu rival de estreia para o US Open, em Nova York, o que será seu primeiro Grand Slam na carreira.

Wild, jovem de 20 anos natural de Marechal Candido Rondon (PR), enfrenta o britânico Daniel Evans, 23º favorito e 28º do ranking mundial, em estreia que ocorre na terça-feira em torno das 15h no terceiro jogo da quadra 5.

Wild joga seu primeiro torneio após a quarentena. Ele vem treinando há cerca de uma semana no Billie Jean Tennis Center supervisionado pelo treinador João Zwetsch.

O tenista que fez história ao ser o mais jovem brasileiro campeão de um ATP, em Santiago, no Chile, em março, foi campeão juvenil do US Open em 2018 fazendo história também como único brasileiro campeão da chave júnior do Grand Slam.

Marcelo Demoliner, 48º do mundo, e o holandês Matwee Middlekoop jogam a partir de quarta-feira nas duplas contra o francês Nicolas Mahut e o alemão Jan-Lenard Struff.

"Dois jogos duros pro Thiago e o para o Demoliner. Thiago tem condições de enfrentar o Evans com ambições,ser inteligente para jogar. Evans joga bem em quadra rápida, bom slice,resolve bem na rede, quadra rápida. Ainda é um pouco inconstante. Quando está nos seus melhores dias consegue vitórias contra grandes nomes, é experiente. Jogo bem difícil, mas se o Thiago conseguir impôr um bom volume e principalmente mentalmente conseguir administrar em um controle por ser um jogo de cinco sets, ele tem uma boa chance, estamos treinando e trabalhando nessa linha. Tenho uma expectativa boa, muito tempo sem jogar, mas Thiago é um grande competir e tem boa chance de surpreender", disse João Zwetsch, técnico que acompanha os atletas em Nova York.

"Demoliner tem jogo difícil também, caras bem experientes principalmente o Mahut e o Struff tem um potencial grande, saca bem, devolve bem, potência muito grande nos golpes. Mas da mesma forma, vejo que a dupla do Demo tem boa chance, estão mais entrosados que antes, treinaram bem aqui. Tanto ele quanto o Thiago têm chances, é lutar firme".