Novak Djokovic

Daniel LEAL-OLIVAS / AFP

Tênis News
29/07/2019
16:00
Londres

O ídolo australiano Todd Woodbridge falou sobre a postura no número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic, que busca sempre, no seu ponto de vista, ser amado. A fala de Woodbridge foi dada à Sky Sports do Reino Unido como destaca o blog Punto de Break.

"Novak está sendo vítima de sua obsessão por sentir-se amado. Considera que está sofrendo de alguma injustiça e isso o deixa ainda mais distante das pessoas. Durante muito tempo buscou o carinho de todos, mas acredito que o que aconteceu em Londres o fará construir um muro de contenção entre ele e o resto e estará se refugiando perto dos seus. Ele perdeu o equilíbrio em mais de uma oportunidade neste sentido, o que não o favorece",

"Foi possível vê-lo colocando a mão na orelha e olhando de modo desafiante depois que o público aplaudiu o espanhol", recordou ele da semifinal contra o espanhol Roberto Bautista Agut. "O público simplesmente reconheceu o trabalho de Roberto, ele não pode se sentir maltratado cada vez que a torcida anime-se para aplaudir um rival. Constantemente querer comprovar que as pessoas desejem que ele ganhe e o aplaudam mais que aos demais, é um comportamento esquisito", ressaltou Woodbridge.

Por fim, o australiano deixou seu conselho ao sérvio: "Ele deve se esquecer disso. Não pode influenciar as pessoas mais do que seu tênis e precisa abandonar esta atitude".