Rafael Nadal

Mutua Madrid Open

Tênis News
19/05/2019
16:11
Roma, Itália

Em uma partida verdadeiramente história em diversos aspectos, o espanhol Rafael Nadal (#2) conquistou seu nono título no saibro do Masters 1000 de Roma e, de quebra, restabeleceu um novo recorde de torneios Masters 1000 vencidos.

O triunfo veio em uma partida absolutamente incrível contra o sérvio Novak Djokovic (#1), em 2h25 em quadra, com parciais de 6/0 4/6 6/1, jogo que teve o primeiro ‘pneu’ dos 54 embates entre os dois atletas. O espanhol agora reduziu a vantagem do sérvio no confronto direto, ao conquistar sua 26ª vitória contra 28 derrotas.

A conquista deste domingo foi a nona do espanhol no saibro romano, garantindo seu segundo título consecutivo, algo que não acontecia na capital italiana desde 2012-2013. Este também é o triunfo de número 34 do espanhol em torneios da série Masters 1000, desempatando de Djokovic, que segue com 33, e tornando-se novamente o maior vencedor de todos os tempos.



O jogo

A partida começou bastante disputada em um game inicial de oito minutos, vencido pelo espanhol no saque do sérvio. Da quebra em diante, Nadal ditou totalmente o ritmo da parcial e ainda anotou outras duas quebras para vencer a parcial por 6/0 em apenas 38 minutos.

No segundo set, apesar de ainda ditar bastante o ritmo, o espanhol caiu um pouco de rendimento e o sérvio melhorou seu jogo. Djokovic chegou a sair de um 0/40 no sétimo game da parcial e salvou outro break-point no nono game. No décimo game foi a redenção do sérvio, que aproveitou sua segunda chance de quebra na partida para derrotar o saque do espanhol e vencer o set por 6/4, em 59 minutos.

A parcial decisiva começou com outro game longo no saque do sérvio e, assim como no início do jogo, o espanhol saiu na vantagem com a quebra. Nadal ainda conquistaria mais duas quebras, sendo a última no sétimo game da parcial, para liquidar a partida com 6/1 no desempate, após 2h25 em quadra.