Andy Murray

Divulgação

Tênis News
02/07/2020
15:34
Londres

O escocês ex-número 1 do mundo, Andy Murray, comentou o quanto seu saque tem evoluído e está quase "tão efetivo" como quando tinha 20 anos, após lutar três anos contra uma lesão no quadril.

Enfrentando problemas desde 2017, Murray chegou a anunciar sua aposentadoria em 2019 e se submeteu a primeira de duas cirurgias no quadril. “Nos dois anos anteriores à operação, eu não conseguia estender minha perna adequadamente, então minha perna direita sempre dobrava quando eu a esticava e isso estava afetando muito meu saque. Tive que mudar meu arremesso de bola e não fui capaz de sacar corretamente", revelou.

“Mas agora, porque (a perna) se estende corretamente, posso sacar bem novamente e tão duro quanto em meus 20 e poucos anos, o que eu sequer sabia que seria possível, foi realmente positivo", seguiu comentando.

“Obviamente, quando você é capaz de sacar mais forte e mais difícil, isso significa mais pontos mais curtos - e isso significa boas notícias para o corpo e o quadril", concluiu ele que agora está focando para conseguir voltar a competir no US Open.