Luisa Stefani

Divulgação

TÊNIS NEWS
02/04/2019
23:53
Monterrey (México)

Luisa Stefani, tenista paulista que treina na Saddlebrook Tennis Academy, na Flórida, EUA, manteve o embalo dos triunfos nas últimas semanas no Brasil e garantiu, na noite desta terça-feira, vaga nas quartas de final da chave de duplas no WTA de Monterrey, no México.

A competição é do mais alto nível do circuito feminino, jogado no piso duro, com premiação de US$ 250 mil.

Stefani, 147ª do mundo nas duplas e primeira do Brasil, e a mexicana Giuliana Olmos, derrotaram a eslovena Dalila Jakupovic, 44ª do mundo, e a espanhola Lara Arruabarrena, 40ª, por 6/3 7/5 após 1h14min de duração.

"Bem feliz com a vitória, elas eram as cabeças 2 já tiveram bons resultados para estar com o ranking que têm. Nos divertimos em quadra, foi meio natural, encaixamos bem o nosso jogo igual com a Paula, nossos jogos completaram bem, ela tem boa noção. Segundo set tivemos alguns games de iguais, salvamos set-point, fomos bem nos pontos importantes, fazer nosso jogo ser agressivo nesse momento e vamos pro nosso jogo amanhã. É bom ver que estamos nesse nível e além de poder acompanhar jogadoras de simples como Muguruza e Kerber que são tops na categoria", destacou Luisa que vinha de dois títulos em São Paulo e Curitiba e uma semi em Campinas, os três eventos de US$ 25 mil atuando com Paula Gonçalves.

Não é a primeira vez que Stefani avança em um torneio de alto nível como Monterrey. Em 2016 ela foi às quartas no WTA de Florianópolis. Ano passado em Houston e este ano em Newport Beach, ambos nos EUA, atingiu as quartas em nos eventos WTA 125.

As adversárias por vaga na semifinal serão a polonesa Paula Kania e a russa Yana Sizikova já nesta quarta-feira em torno das 17h.

Stefani foi top 10 juvenil em 2015 e nesta temporada disputa o circuito profissional integralmente após passar pelo circuito universitário americano onde atuou pela renomada Pepperdine University e chegou a ocupar o 2º lugar no ranking dos atletas universitários dos Estados Unidos.