Djokovic virou mais uma em Doha

Divulgação

Tênis News
16/04/2019
15:10
Monte Carlo (Mônaco)

O número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic encarou uma difícil estreia na chave do Masters de Monte Carlo, em Mônaco, ao ter que enfrentar o alemão Philipp Kohlschreiber, 40º, seu algoz em Indian Wells no inicio de março.

Djokovic precisou de 2h37 para fechar o placar em 6/3 4/6 6/4 tendo convertido um ace contra três do alemão, que cometeu duas duplas-faltas contra oito do sérvio, que venceu 64% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 62% de aproveitamento de Djokovic.


Para chegar a vitória de número 850 de carreira, Djokovic encontrou dificuldades de pressionar o alemão, que chegou a ter breakpoints no quinto e sétimo games, mas cometeu erros com forehand cruzado e foi quebrado no oitavo, vendo Nole fechar a primeira parcial.

No segundo set, Djokovic passou ainda a ser mais errático, forçou o alemão a salvar dois breakpoints no terceiro game e trocou quebras com o rival entre o quarto e décimo game. No intervalo do quinto game, Djokovic pediu atendimento para o braço, voltou à disputa, mas não conseguiu dominar.

Na abertura do set decisivo, Kohlschreiber vacilou, trabalhou equivocadamente com bola cruzada, foi quebrado no primeiro game e mesmo buscando pressionar, não conseguiu ser efetivo diante do sérvio.

na próxima rodada Djokovic aguarda pelo vencedor do duelo entre o norte-americano taylor Fritz e o argentino Diego Schwartzman.