Novak Djokovic

Novak Djokovic finalmente levantou o caneco no torneio de Cincinnati (Foto: Cincy Tennis)

TÊNIS NEWS
19/08/2018
19:28
Cincinnati (EUA)

Pela primeira vez na história, um tenista completou a série de títulos nos nove Masters 1000. Em sua sexta final, o sérvio Novak Djokovic finalmente levantou o caneco no torneio de Cincinnati, em Ohio, nos Estados Unidos, neste domingo.

O número 10 do mundo, dono de 13 Grand Slams, superou o suíço Roger Federer por 2 sets a 0, com um duplo 6/4, após 1h25. Foi a primeira vez que ele bateu o rival no torneio, após derrotas em 2009, 2012 e 2015, todas nas decisões. Nos 46 jogos entre eles, Nole lidera por 24 a 22.

Djokovic ergue seu 31º Masters - Rafael Nadal é o recordista com 33 - e completa a lista dos nove conquistados com Indian Wells, Miami, Monte Carlo, Roma, Madri, Canadá, Cincinnati, Xangai e Paris. Ele fatura de quebra seu 70º caneco na carreira, segundo no ano em que ganhou Wimbledon.

Federer, por sua vez, fica com o segundo vice de Masters do ano, tendo perdido em Indian Wells para Juan Martin del Potro. Em Miami, caiu na estreia.

O jogo

Djokovic esteve muito sólido nas devoluções, retornando com eficiência todas as bolas e sacando muito bem. Federer não teve chances na devolução e foi quebrado após belo contra-ataque cruzado de Djokovic que fechou o set por 6/4.

No segundo set Nole abriu 40 a 0 no segundo game, mas Federe tirou o peso da bola, forçou mais os ataques de Nole que cometeu erros e com dupla-falta foi quebrado. Federer bobeou e com erros acabou quebrado logo em seguida. Nole pressionou e quebrou no sétimo game após muita disputa com direita fora de Roger. Federer salvou um 0/30 no 3/5, mas não conseguiu em seguida caindo por 6/4.