Novak Djokovic

Divulgação / Adria Tour

Tênis News
07/08/2020
14:47
Belgrado

O sérvio número 1 do mundo, Novak Djokovic, se aliou ao empresário Miodrag Kostic, seu compatriota, e arrecadou US$ 2 milhões, cerca de R$ 10,8 milhões, para pagar o tratamento da pequena Sofija de apenas 1 ano de idade.

A pequena sérvia é portadora de uma doença rara, conhecida como Síndrome de Werdnig-Hoffmann, que trata de uma doença que afeta o sistema neuromuscular, promovendo a atrofia progressiva dos músculos e neurotransmissores. O tratamento melhor conhecido para a doença é realizado nos Estados Unidos e por isso a família iniciou uma campanha na internet.

Ao saber da história, Djokovic não apenas ajudou na arrecadação dos valores como pagou do próprio bolso um avião particular para levar a menina e os pais aos Estados Unidos, destaca o site francês TennisActu.

Essa é uma entre diversas doações realizadas pelo sérvio apenas em 2020 para promover o tratamento de doenças. No início da pandemia da COVID-19 ele doou um milhão de euros para o sistema de saúde de seu país e doou o que foi reportado como altos valores a dois hospitais italianos para lidarem com a doença.


Ver essa foto no Instagram
Drugari, Sofija vas pozdravlja i svima vam mase! 👐 Ova situacija sa koronom je dodatno otezala i onako komplikovane procedure, ali mi smo strpljivi i cekamo polazak... Nadamo se da ce, uz Boziju pomoc, biti brzo... 🙏 Jos jednom, hvala vam svima sto ste uz nas! 🙏❤

Uma publicação compartilhada por Za Sofijin prvi korak (@zasofijinprvikorak) em 5 de Ago, 2020 às 12:18 PDT