Bia Maia

Divulgação

TÊNIS NEWS
11/01/2019
02:04
Melbourne (Austrália)

A número 1 do Brasil e 176ª do ranking da WTA, a paulistana Beatriz Haddad Maia, a Bia, será a única representante brasileira na chave feminina do Australian Open. A paulistana conquistou a vaga após vencer a norte-americana Jannifer Brady.

Bia precisou de 1h26 para fechar o placar em 6/3 6/4 tendo disparado 24 bolas vencedoras contra 24 de Brady, que converteu os nove aces da partida e cometeu 21 erros não-forçados contar 23 da brasileira, que foi mais consistente ao jogar breakpoints e converteu cinco quebras em todo o jogo.

A brasileira aguarda por sorteio para a definição de sua posição na chave principal, que definirá sua primeira adversária. Dentre as favoritas que estreiam contra tenistas vindas do quali e podem vir a ser rivais de Bia na primeira rodada estão a ucraniana Elina Svitolina, cabeça 6, a tcheca Karolina Pliskova, 7, a bielorrussa Aryna Sabalenka, 11, a russa Maria Sharapova, 30, e a francesa caroline Garcia, 19.

No masculino, Thiago Monteiro não teve a mesma sorte e caiu diante do cabeça de chave 16, o sérvio Miomir Kecmanovic por 6/2 6/1. O cearense aguarda para ser lucky-loser para a chave principal.