Ashleigh Barty no Australian Open 2019

Divulgação/Australian Open

Tênis News
30/03/2019
18:19
Miami (EUA)

A australiana Ashleigh Barty, 11ª da WTA, conquistou o maior título de sua carreira ao superar a tcheca Karolina Pliskova, ex-número 1 e atual sétima, na grande final do WTA Premier de Miami, nos Estados Unidos. Com título, Barty fará sua estreia no top 10.

Barty encarou 1h42 de um jogo duro contra Pliskova, mas fechou o placar em 7/6 (1) 6/3 tendo disparado 15 aces contra seis da tcheca, que venceu 65% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 86% de aproveitamento da australiana.


No primeiro set a tcheca abriu 3/1 com quebra no terceiro game, mas não conseguiu administrar a vantagem, foi quebrada no sexto game e com placar igualado a disputa foi para o tiebreak, onde a australiana foi soberana.

Na segunda etapa, Barty saiu quebrando, fez 2/0 no placar, e administrou, conquistando quebra crucial no nono game e fechando a disputa.

Ashleigh Barty é a 14ª campeã diferente no circuito WTA em 2019. Neste ano, nenhuma mulher conseguiu dois títulos profissionais até o momento. Com a grande campanha em Miami, ela figurará pela primeira vez na carreira dentro do top 10 da WTA e será a nona. 3/1

A japonesa Naomi Osaka não viu a romena Simona Halep e nem a tcheca Petra Kvitova avançarem muito no torneio e por isto, se manterá como número 1. Pliskova, por sua vez, somou pontos importantes com o vice-campeonato e será a quarta da WTA na próxima segunda-feira.