Victoria Azarenka

Divulgação

Tênis News
26/08/2020
19:11
Nova York

A bielorrussa ex-número 1 do mundo e atual 59ª, Victoria Azarenka, se garantiu na semifinal do WTA Premier de Cincinnati, que este ano é realizado em Nova York, após superar a luta a tunisiana Ons Jabeur, 39ª. Esta é a 1ª semi de Vika em 16 meses.

Azarenka, que até o início de Cincinnati não tinha vencido nenhuma partida em 2020, precisou de 1h47 para fechar o placar em 7/6 (9) 6/2 tendo convertido três aces assim como a tunisiana, que cometeu cinco duplas-faltas contra duas de Vika, que 61% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 62% de aproveitamento de Jabeur.

Jabeur começou a partida firme na devolução, conquistou quebra já no primeiro game, abriu 2/0 e viu Azarenka igualar o placar devolvendo a quebra no quarto game. O jogo passou a ser mais equilibrado e disputado e as tenistas trocaram quebras entre os sétimo e décimo games. Igual, a definição foi para o tiebreak, onde a tunisiana chegou a salvar três setpoints, desperdiçou um e vou a bielorrussa salvar outro e virar para fechar.

Na segunda etapa, Azarenka saiu quebrando o serviço da tunisiana, seguiu impondo luta por todos os pontos, voltou a ter nova quebra no quinto game e abriu 5/1 administrando a vantagem.

Azarenka busca sua primeira final desde Monterrey em abril de 2019 quando abandonou com lesão diante da espanhola Garbiñe Muguruza. O torneio mexicano foi também a última semifinal disputada pela bielorrussa. Na semifinal em Cincinnati, Vika encara a vencedora do duelo entre a grega Maria Sakkari e a britânica Johana Konta.