Rodrigo Caio

Rodrigo Caio não deve continuar no São Paulo (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

Fellipe Lucena
22/12/2018
08:00
São Paulo (SP)

O fim da negociação com o Barcelona (ESP), que esteve bem perto de ser fechada, não indica que Rodrigo Caio seguirá no São Paulo em 2019. Tanto o zagueiro quanto o clube concordam que chegou o momento de negociá-lo e a prioridade segue sendo a Europa. No mercado brasileiro, o interesse mais firme foi demonstrado pelo Grêmio, mas não avançou.

Como publicou o jornalista Paulo Vinicius Coelho, o clube gaúcho sugeriu uma troca de Rodrigo Caio pelo atacante Luan e mais uma quantia em dinheiro. De acordo com apuração do LANCE!, o valor solicitado era de 8 milhões de euros (mais de R$ 35 milhões) e o São Paulo achou muito caro.

O fato de Luan receber um salário bem acima do atual teto são-paulino também pesou. O atacante é ídolo do Tricolor Gaúcho, mas sua saída aliviaria bastante a folha mensal do clube. Ele tem chances de ser envolvido em uma troca com o Cruzeiro, que daria Thiago Neves, Murilo e Raniel ao Grêmio.

Luan e Rodrigo Caio têm a multa rescisória no mesmo valor: 18 milhões de euros (R$ 80 milhões). O contrato do gremista se encerra no fim de 2020, enquanto o do defensor do Tricolor Paulista vai até o fim de 2021. Os dois foram campeões olímpicos pela Seleção Brasileira em 2016, no Rio de Janeiro.

A ideia do São Paulo é ganhar dinheiro com a saída de Rodrigo Caio, mesmo que o clube já considere quase impossível receber algo próximo do valor da multa - a Real Sociedad (ESP) ofereceu os 18 milhões de euros no início do ano, mas o jogador não quis ir porque tinha o desejo de jogar a Copa do Mundo.

A transferência para o Barcelona (ESP) seria fechada por empréstimo de seis meses, mas com gatilhos previstos em contrato para que o clube espanhol efetuasse a compra. Rodrigo chegou a fazer exames médicos na última quinta-feira para concretizar a transferência, mas os catalães deram para trás após acertarem com o também zagueiro colombiano Murillo, que negociava simultaneamente.

Nick Arcuri, agente que passou a trabalhar com Rodrigo Caio recentemente com a missão de encontrar clubes interessados no Velho Continente, continua buscando ofertas por ele.