Liziero foi titular no treino de quinta e deixou o campo com cãimbras nas duas pernas

Liziero foi titular no jogo de quinta e deixou o campo com cãimbras  (Fellipe Lucena)

Fellipe Lucena e Yago Rudá
17/08/2018
17:38
São Paulo (SP)

No mesmo dia que deixou Santa Fé, local onde enfrentou e foi eliminado pelo Colón da Copa Sul-Americana, o São Paulo se reapresentou no CT da Barra Funda. Com os titulares poupados das atividades, apenas os reservas treinaram com bola. A boa notícia do dia foi a recuperação do volante Liziero, que não preocupa para o duelo do próximo domingo, contra a Chapecoense.

Depois de ter sido superado nos pênaltis pela equipe argentina, a delegação tricolor embarcou ao Brasil na manhã desta sexta. Os jogadores chegaram ao centro de treinamento do clube no início da tarde e, na sequência, já foram para o campo. Os atletas que enfrentaram o Colón fizeram um treino regenerativo na piscina do Reffis e nem sequer apareceram no gramado.

Durante as atividades dos suplentes, o volante Liziero - que havia sentido cãimbras no jogo contra o Colón e nem sequer terminou a partida na Argentina - foi conversar com a comissão técnica e informou que está fisicamente bem. Desta forma, o camisa 31 do Tricolor está à disposição do técnico Diego Aguirre para o duelo contra a Chapecoense, que pode valer o título simbólico do primeiro turno do Brasileirão ao São Paulo.

Em campo, o preparador físico Fernando Piñatares e o auxiliar André Jardine comandaram as atividades ao lado do treinador uruguaio. O grupo foi dividido em dois e houve um rachão em campo reduzido. Após o fim desta atividade, os jogadores calibraram a pontaria em um treino de finalizações.

Totalmente focado na conquista do Brasileirão, o elenco são-paulino volta a treinar no sábado, às 15h, no CT da Barra Funda. Por determinação da comissão técnica, os jornalistas não terão acesso ao último treino do Tricolor antes do jogo do domingo.