Arboleda e Rodrigo Caio serão adversários nesta quinta

Rubens Chiri/saopaulofc.net

LANCE!
29/08/2017
13:39
São Paulo (SP)

Sob críticas por sofrer gols frequentemente e estar na zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, a zaga titular do São Paulo se divide e vira adversária na próxima rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, e Rodrigo Caio já faz um alerta a Arboleda. O brasileiro avisou ao equatoriano que ele precisará marcar os principais jogadores do mundo no jogo desta quinta-feira.

- O Rodrigo Caio brincou que eu terei que marcar os melhores do mundo, como o Neymar, mas o Brasil também tem que marcar os nossos. A Seleção Brasileira conta com grandes jogadores - comentou Arboleda, falando da partida entre Brasil e Equador em Porto Alegre, e feliz pela primeira convocação como jogador do Tricolor.

- Encaro com seriedade, são jogos difíceis, mas será especial enfrentar o Brasil como atleta do São Paulo. Quem sabe terei esta oportunidade de enfrentar os melhores do mundo pela primeira vez. E representar o meu país também me deixa muito orgulhoso, principalmente agora como jogador do São Paulo.

Arboleda não é titular garantido de sua seleção, mas já faz parte do grupo com frequência desde o ano passado. O país ocupa a sexta posição nas Eliminatórias, fora da zona de classificação para o Mundial na Rússia, e, depois de encarar o Brasil, recebe, na próxima terça-feira, o Peru, de Cueva, também seu colega no São Paulo.

- Conversei com o Cueva também. Se tiver uma oportunidade de jogar, terei que marcá-lo. Somos amigos, companheiros de clube, mas já avisei que vou chegar firme (risos). Temos muito respeito um pelo outro, assim como o Rodrigo Caio, e também respeito Brasil e Peru. Mas espero festejar as vitórias sobre os dois.

Arboleda, Rodrigo Caio e Cueva não desfalcarão o São Paulo durante as rodadas das Eliminatórias porque o Campeonato Brasileiro vai parar nesse período. Mas o zagueiro equatoriano cumprirá suspensão por acúmulo de cartões amarelos e não participará do próximo jogo do clube, contra a Ponte Preta, no dia 9.