LANCE!
07/10/2021
20:40
São Paulo (SP)

Os atacantes do São Paulo, Calleri e Luciano, tiverem um breve desentendimento no momento em que Raphael Claus assinalou pênalti para o Tricolor na primeira etapa do empate contra o Santos, pelo Brasileirão.

ATUAÇÕES: Calleri volta a marcar pelo Tricolor, mas Rigoni se destaca no clássico

Quando a penalidade máxima foi confirmada, o camisa 30 tinha posicionado a bola na marca da cal. No entanto, Luciano chegou com outra bola, pedindo para bater. Foi então que o bate-boca entre os dois começou.

O camisa 11 explicou que ele é o cobrador oficial quando Reinaldo não está disponível, e ressaltou que o argentino pediu para bater.

SÃO PAULO NA LIBERTA? SIMULE OS JOGOS DO TRICOLOR NO BRASILEIRÃO

– Depois do Reinaldo a gente tem essa confiança, a gente treina. O Calleri pediu para bater o pênalti e fazer o gol. Eu estou aqui para ajudar todos, claro que tinha vontade de bater, mas ele pediu e fez o gol – disse Luciano.

Em seguida, Calleri agradeceu o companheiro por deixá-lo cobrar a penalidade.

- Agradeço muito o Luciano. Eu queria fazer um gol, estava muito tempo sem jogar, mas é tudo dele (apontando para Luciano). - disse Calleri.

Após o gol, Luciano foi o primeiro a abraçar Calleri, que anotou seu primeiro gol pelo São Paulo nessa segunda passagem pelo clube do Morumbi.

Luciano e Calleri
Atacantes discutiram na hora do pênalti (Foto: Reprodução / Premiere)