São Paulo Feminino

Jogadoras comemoram o acesso, mas já pensam em conquistar o título da A2 Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

LANCE!
21/07/2019
12:18
São Paulo (SP)

Pouco depois de conquistar o acesso à Série A1 do Brasileirão Feminino, o São Paulo já "mudou a chave" e pensa agora na sequência da disputa pelo título do Brasileirão Feminino da Série A2. Após vencer o Taubaté por 3 a 0 na partida de volta das quartas de final da competição, o Tricolor garantiu vaga na semifinal e não quer deixar escapar a oportunidade de levantar a taça do nacional.

A equipe adversária, que no jogo de ida havia quebrado a invencibilidade são-paulina, sofreu o mesmo baque ao ser derrotado pela primeira no torneio no último sábado. Tudo isso, segundo o técnico tricolor Lucas Piccinato valorizou demais a conquista de seu time, que agora vai buscar voos maiores. O comandante também fez questão de elogiar seu grupo de jogadoras.

- Já passei por muita coisa no Pacaembu, e passar mais uma emoção dessas, vestindo essa camisa, é maravilhoso. Gostaria de salientar o grande trabalho do Taubaté, eles merecem estar onde estão, torço para que a cidade cada vez mais apoie as meninas, porque elas com certeza estão entre os melhores times dessa competição e foi uma pena a gente ter que se cruzar tão precocemente. Valorizo muito meu grupo, que tem atletas novas, que querem buscar ainda um espaço no cenário nacional, e atletas experientes, que ainda continuam colocando a marca delas por aí. O acesso era muito importante para todos e para o clube, agora buscaremos o título - declarou o treinador.

Autora do gol que abriu o placar para a vitória, a zagueira Bruna exaltou o trabalho do elenco durante a semana que antecedeu a decisão. Além disso, ela destacou a entrega e a concentração das companheiras em busca do objetivo.

- É um sentimento de gratidão. Colocamos tudo que tínhamos treinado durante a semana em pratica dentro do campo no jogo. No primeiro duelo não entramos focadas como nesta segunda partida, disputamos com raça, honrando a camisa do Tricolor. Tem que ser sempre assim, daqui para frente são só decisões no Brasileiro e no Paulista - afirmou a defensora.

Bruna considera que a derrota, na partida de ida, serviu como lição para ela e as outras atletas do São Paulo. Esse aprendizado, aliado à força da torcida que compareceu ao Pacaembu, foram combustíveis para a classificação.

- A derrota serviu de aprendizado para fazermos diferente nos próximos desafios fora de casa e o jogo no Pacaembu mostrou que temos o torcedor do nosso lado. O que fizeram aqui hoje (último sábado), mais uma vez foi lindo, só podemos agradecer - finalizou.

O Tricolor aguarda o vencedor do confronto entre Palmeiras e Chapecoense, que acontece na tarde deste domingo, para saber quem será seu adversário na semifinal. O Verdão venceu o primeiro jogo por 2 a 0 e pode perder por até um gol de diferença ou empatar, para se garantir na próxima fase. As datas e horários das partidas serão definidos pela CBF.