Botafogo x Santos

Santos não gostou do gramado do Nilton Santos (Delmiro Jr/Photopress/Lancepress!)

LANCE!
21/07/2019
14:07
Rio de Janeiro (RJ)

Com a vitória sobre o Botafogo neste domingo, o Santos chegou aos 26 pontos, mesma pontuação do líder Palmeiras, que segue na frente pelo saldo de gols. Mas o técnico Jorge Sampaoli não se mostrou empolgado após o triunfo por 1 a 0 na manhã deste domingo e pediu foco até o fim do Campeonato Brasileiro.

- Temos que pensar que cada jogo é assim, muito complicado. Hoje foi um jogo que exigiu bastante de todos os jogadores. O campo não estava ajudando. Temos que saber que nossa realidade será marcada em novembro, no fim do campeonato. Nós temos que pensar em chegar bem nas últimas rodadas. Esse tem que ser o nosso foco - disse o treinador em entrevista coletiva.

Após um primeiro tempo sem muitas chances de gol, a entrada de Marinho no time do Santos mudou o jogo na etapa final. E foi justamente o atacante quem marcou o gol da vitória santista. Depois, ele foi elogiado pelo técnico argentino.

- Marinho teve muito a ver com o resultado por suas participações ofensivas. Tivemos a inferioridade numérica e modificamos a forma de jogar, mas o que buscamos com Marinho foi a presença de ataque e, por sorte, marcamos o gol.

O treinador do Santos também aproveitou a coletiva para reclamar do gramado do Estádio Nilton Santos.

- No primeiro tempo tivemos posse sem agressividade. O campo não ajudou. No Brasil, com toda sua cultura futebolística, não podemos ter um campo assim. O Brasil não pode ter um estádio que não se dá três passes. Não tem a ver com a história do país um gramado como esse - finalizou Sampaoli.

No próximo domingo, pela 12ª rodada do Brasileiro, o Santos recebe o Avaí, às 16h, na Vila Belmiro.