Alexandre Pato - Vaivém

Pato vai receber proposta do Santos se conseguir sua rescisão contratual com o Tianjin Quanjian (Foto: Divulgação)

Ana Canhedo
18/02/2019
23:27
São Paulo (SP)

José Carlos Peres, presidente do Santos, prometeu fazer uma proposta por Alexxandre Pato, de 29 anos, caso o atacante consiga a rescisão contratual com o Tianjin Quanjian, da China. O dirigente também aproveitou para confirmar a contratação do lateral-esquerdo Felipe Jonatan e assegurar que o anúncio deve acontecer ainda nesta semana. 

- Alexandre Pato... Houve uma conversa, sim, estamos esperando. Mas ele está preso na China. Não adianta a gente falar de Alexandre Pato sem que nós consigamos liberá-lo. Se sair a rescisão, sem dúvida alguma, vamos conversar. A proposta estará na mão dele - disse o presidente do Santos, na zona mista do estádio do Pacaembu, em São Paulo, e seguiu: 

- Essa questão de dinheiro para o Pato é irrelevante. Ele joga onde sentir mais satisfação. A gente tem de esperar ele se liberar de lá (da China) para escolher o time que quer jogar. O Santos é uma das portas, há uma expectativa. Enquanto não ficar livre lá, não dá para ninguém ter esperança. 

O São Paulo é outro clube que se interessa pelo jogador de 29 anos. Nesta segunda-feira, em sua apresentação no Tricolor Paulista, o técnico Cuca falou que Pato interessa, sim, mas que o Guangzhou Evergrande, também na China, pode tentar contratá-lo, frustrando os brasileiros. 

Felipe Jonatan
Felipe Jonatan será jogador do Santos (Foto: Ceará/Divulgação)

O presidente santista também falou sobre a contratação do lateral-esquerdo Felipe Jonatan, do Ceará. O jogador de 21 anos será jogador do Peixe em poucos dias, de acordo com Peres. Sua contratação, neste momento e de acordo com o dirigente, melou a possível chegada de Adriano, do Besikitas, da Turquia. 

- Está contratado, faltam alguns detalhes. Ainda é cedo para anunciá-lo. Até o fim dessa semana acho que a gente consegue finalizar. Mais um dois ou três dias vamos fechar. Não é mais prioridade o Adriano, um dia já foi. Não conseguiu a rescisão e isso dificultou. Nós temos pressa - finalizou Peres.