Nilson, Leandro, Chiquinho e Marquinhos

Nilson, Leandro, Chiquinho e Marquinhos estão fora em 2016, diz presidente (Foto: Montagem sobre Divulgação)

Gabriel Carneiro
15/12/2015
14:46
São Paulo (SP)

Quatro jogadores que defenderam o Santos durante a temporada de 2015 estão fora dos planos no ano que vem. Ao LANCE!, o presidente Modesto Roma Júnior sentenciou o fim das passagens de Nilson, Leandro, Marquinhos e Chiquinho pela Vila Belmiro. Os dois primeiros estavam emprestados por Cianorte e Palmeiras, respectivamente, e serão devolvidos a seus clubes em 2016. Já Marquinhos e Chiquinho também têm destinos praticamente definidos: Grêmio Osasco Audax, que disputa a elite do Paulistão ano que vem, e Flamengo. Todos tinham contrato com o Peixe só até o fim deste ano, e foram liberados após reunião entre diretoria e comissão técnica.

Chiquinho é o único que ficou no Santos durante todo o ano, e também é o que mais jogou, com 24 participações e um gol marcado no período. Ele foi titular na campanha do título do Paulistão, mas perdeu espaço em razão de uma lesão e, quando recuperado, ficou no banco de Zeca até o ano acabar. Na semana passada, durante um jogo beneficente, o lateral-esquerdo já deu entrevista como jogador do Flamengo, onde será comandado por Muricy Ramalho.

Nilson e Marquinhos foram contratados em razão de suas participações no Campeonato Paulista, por São Bento e Audax. A dupla, porém, não fez bonito na Vila Belmiro. Enquanto o meia jogou só sete jogos e não marcou um único gol, o atacante atuou 16 vezes e encerra sua passagem com um gol e uma assistência com a camisa alvinegra. A principal marca da passagem de Nilson, porém, foi a chance clara desperdiçada no primeiro jogo das finais da Copa do Brasil, contra o Palmeiras, na Vila Belmiro. O jogador foi bastante criticado em razão da oportunidade que poderia até ter dado o título ao Peixe.

Por fim, Leandro deixa a Vila Belmiro após passagem bem apagada. Herdeiro da camisa 7, vaga desde a saída de Robinho no meio do ano, o jogador emprestado pelo Palmeiras foi um pedido pessoal do técnico Dorival Júnior, com valor de compra dos direitos e taxa de vitrine fixada no vínculo. Porém, Leandro foi reserva a maior parte do tempo, e se despede com apenas 14 jogos pelo Santos. Neste período, ele marcou um gol e deu uma assistência.

Além dos quatro nomes que estão de partida da Vila Belmiro, outros quatro possuíam contrato só até o fim do ano. O goleiro João Paulo, quarta opção no banco de reservas, e o volante Valencia, já renovaram seus vínculos. Agora restam definições a respeito do zagueiro Werley e do meia-atacante Marquinhos Gabriel. O Santos tem ambição de manter os dois jogadores, mas as negociações pela dupla não são simples.

Em 2015, o Santos renovou os contratos curtos de diversos jogadores, já pensando no futuro: Vladimir, David Braz, Daniel Guedes, Zeca, Victor Ferraz, Lucas Otávio e Thiago Maia. Entre os jogadores promovidos por Dorival e os que já estavam no elenco, o Peixe terminou o ano com 38 atletas. Agora, com as quatro saídas, já são 34. Reforços devem ser anunciados apenas em 2016.