Pepe - Santos

Pepe é o segundo maior artilheiro da história santista (Foto: Acervo Pessoal)

Fábio Lázaro
10/08/2020
15:25
Santos (SP)

Em busca de expandir a sua marca, Pepe decidiu mudar o apelido que o imortalizou. O ídolo do Santos, que completou 85 anos em fevereiro, “trocou” a alcunha de “Canhão da Vila”, pela potência do chute que fez o seu sucesso. Com isso, foi criada a “Pepe 122km/h”, nome da linha de produtos licenciados do ex-jogador.

A iniciativa fez parte de uma estratégia da agência Marketing Talent, que gerencia o pós-carreira de Pepe, em parceria com a Ultra Digi, em busca de comercializar artefatos com a imagem de Pepe. omo canecas, coolers, adesivos, chaveiros etc. Através de um QR Code, os produtos levarão a vídeos que contarão histórias importantes vividas pelo segundo maior artilheiro santista, a primeira aconteceu no dia 6 de março de 1958, quando o Alvinegro Praiano venceu o Palmeiras por 7 a 6, no estádio do Pacaembu, pela terceira rodada do torneio Rio-São Paulo daquele ano.

O número 122 surgiu de um estudo feito por Júlio Mazzei, preparador físico do Peixe, na época em que o eterno camisa 11 jogava, que mediu a velocidade da sua “bomba” de pé esquerdo.

– “Nunca é tarde para realizar um sonho. Mas sonhos só se concretizam se houve trabalho, dedicação e amor. Hoje, compartilho essa imensa alegria de mais um sonho realizado com vocês, lançando os produtos licenciados da minha nova marca Pepe 122 km/h e contando as histórias inesquecíveis de toda a minha carreira – disse Pepe.

José Macia Pepe já vem em processo de “adequação tecnológica” desde o primeiro semestre de 2019, quando lançou o seu canal no YouTube, o Pepe 11. Além de personagem histórico no Peixe, e no futebol brasileiro, uma das suas marcas registradas é de bom contador de história, muitas delas levadas por ele através das plataformas digitais.