Jesualdo Ferreira

Jeusaldo deixa o Peixe quase sete meses após a sua chegada ao Brasil (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Fábio Lázaro
05/08/2020
16:09
Santos (SP)

Jesualdo Ferreira não é mais técnico do Santos. O treinador português não resistiu à eliminação no Campeonato Paulista, somado a quatro jogos sem vitórias, e foi desligado na tarde desta quarta-feira.

A decisão foi concretizada quatro dias antes da estreia do Peixe no Campeonato Brasileiro, neste domingo, às 16h, contra o Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro. Depois de uma série de reuniões entre o departamento de futebol e o comitê de gestão, o clube bateu o martelo nesta quarta, antes do treinamento. 

Desde a última quinta-feira, quando o Peixe foi derrotado por 3 a 1 para a Ponte Preta, na Vila Belmiro, pelas quartas de final do Paulistão, o incômodo da diretoria com o desempenho da equipe era muito grande. Porém, existia um impasse quanto ao tempo de trabalho a ser dado ao português, que dirigiu a equipe em apenas 15 oportunidades.

Alguns pontos, como o trabalho na promoção de jogadores da base, foram ponderados a favor da permanência de Jesualdo, mas o temor que o time repetisse os maus resultados no início do Brasileirão pesou no seu desligamento.

O acordo entre Santos e Jesualdo Ferreira não previa multa rescisória, mas, sim, a necessidade do pagamento dos salários integralmente até o fim do contrato de toda a comissão técnica. O vínculo tinha duração até dezembro e a pendência gira em torno de R$ 3,5 milhões – fora os valores reduzidos durante a paralisação do futebol e que a diretoria deseja negociar.

No total, Jesualdo venceu seis partidas, empatou quatro e perdeu cinco enquanto esteve à frente do Alvinegro Praiano. O seu aproveitamento foi de 48,8%. Embora tenha sido eliminado nas quartas de final do Paulistão, o técnico deixa o Peixe na liderança do Grupo G da Copa Libertadores, com duas vitórias em dois jogos.