Laércio

Laércio já havia atuado nos minutos finais contra o Grêmio, no último domingo (11) (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Fábio Lázaro
15/10/2020
12:00
Santos (SP)

Na derrota por 1 a 0 diante do Atlético-GO, nesta quarta-feira (14), na Vila Belmiro, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o zagueiro Laércio fez a sua primeira partida como titular pelo Santos.

Com a ausência de Lucas Veríssimo, que ficou de fora do duelo, contra o Dragão, por dores na coxa direita, o novo reforço ganhou a disputa com Luiz Felipe e agradou ao técnico Cuca.

– Ele foi muito bem dentro do primeiro jogo. Na situação que o jogo se apresentou, ele fez uma partida muito boa – disse o treinador do Peixe em entrevista coletiva virtual após o revés.

De acordo com Cuca, Veríssimo segue como dúvida para o próximo confronto, neste sábado (17), às 19h, contra o Coritiba, no Couto Pereira, assim como o volante Alison, com periostite por sobrecarga e Marinho, com desconforto muscular na coxa esquerda.

– Preocupam porque estão lesionados e fazem muita falta – pontuou o treinador.

Toda essa situação pode dar a Laércio mais uma chance com o professor.

Contratado no início de setembro pelo Peixe, após se destacar pelo Caxias, onde foi vice-campeão gaúcho, o atleta arcou, junto ao seu estafe, a multa rescisória com o clube do Rio Grande do Sul e estava há cerca de um mês treinando no aguardo de ter a sua regularização.

O negócio foi firmado ainda durante a gestão do presidente afastado José Carlos Peres, mas a autorização para jogar só veio após Peres deixar o cargo, por conta da abertura de um processo de impeachment devido a irregularidades administrativas apontadas pelo Conselho Fiscal. Na última sexta-feira (09), o Peixe resolveu uma pendência financeira com o Hamburgo (ALE), que derrubou uma sanção que impedia que o Alvinegro registrasse jogadores desde março – nesta terça-feira (13), o Santos voltou a ser bloqueado, por conta de pendências com o Huachipato (CHI) e Atlético Nacional (COL).