Unión La Calera x Santos - Bustos

Bustos tem pouco mais de dois meses no Santos (Foto: JAVIER TORRES / AFP)

LANCE! / DIÁRIO DO PEIXE
06/05/2022
00:41
Santos (SP)

O técnico Fabián Bustos encontrou erros e acertos na vitória do Santos contra a Universidad Católica por 1 a 0, na noite desta quinta-feira, no Equador, pela quarta rodada da Copa Sul-Americana.


No final da partida, em sua entrevista coletiva, o treinador confessou que montou um esquema para conseguir defender da melhor forma e, na medida do possível, aproveitar os contra-ataques. No setor defensivo, alcançou o sucesso. No ataque, porém, não conseguiu executar o fato com a perfeição que queria.

- O ponto alto é que fomos seguros defensivamente. Fizemos um bom trabalho no meio-campo também. Começamos, a partir do minuto 15 do segundo tempo, com as mudanças, sentir mais energia. O trabalho técnico foi o que pensamos, dar a bola para os laterais cruzarem, e nós estarmos firmes na área. Nossa parte era controlar o perigo que a Católica ia oferecer e aproveitar os contra-ataques. Mas não aproveitamos. Tivemos quatro jogadas onde saímos com superioridade numérica, mas não controlamos bem e não aproveitamos - disse Bustos.

Contra a equipe equatoriana, o treinador santista poupou boa parte do elenco. Alguns jogadores titulares nem viajaram para o Equador, como o goleiro João Paulo, o lateral-direito Madson, o zagueiro Maicon, o volante Rodrigo Fernández e os atacantes Léo Baptistão e Ricardo Goulart.

- Depois de oito partidas seguidas, jogando a cada três dias, com viagens longas, demonstramos que somos um grupo que estamos crescendo. Enfrentamos um grande rival, que faz um jogo muito difícil aqui na Capital. Nos faltou mais tranquilidade, principalmente no segundo tempo, onde tivemos chances de converter - disse o treinador Bustos.

- Mas jogamos na segunda de noite, viajamos, treinamos, recuperamos e jogamos. Agora, viajamos de novo para jogar no domingo. É muito intenso e complicado. Por isso fico muito contente com os jovens que não vinham jogando, que treinaram e mostraram que estão à altura. A Católica fez uma grande partida. Não teve grandes chances porque trabalhamos para isso, mas teve a posse da bola. Nos faltou tranquilidade para marcar - explicou o técnico.

Brigando entre os primeiros colocados no Campeonato Brasileiro, o próximo compromisso do Peixe será contra o Cuiabá, na Vila Belmiro, no próximo domingo. Os ingressos já estão sendo comercializados.