Cuca

Cuca estreia contra o Red Bull Bragantino neste domingo (Foto: Ivan Storti/Santos)

Gabriel Santos
09/08/2020
06:00
Santos (SP)

O Santos tem um novo fator para tentar amenizar a crise instaurada no clube pelos maus resultados. Após a demissão de Jesualdo Ferreira, o Peixe foi buscar o técnico Cuca para dar a volta por cima na temporada. 

O novo treinador chegou e já fez algumas mudanças no elenco e na comissão técnica. Além de seus auxiliares de praxe, o treinador 'reintegrou' o auxiliar Serginho Chulapa, que estava 'de escanteio' durante as passagens de Sampaoli e Jesualdo Ferreira. Outra mudança do treinador foi a reintegração do colombiano Copete, que estava treinando na equipe B. 

Em sua entrevista de apresentação, Cuca deixou claro que o trabalho com o clube é o principal motivador em sua terceira passagem pelo Peixe. Sem trabalhar desde setembro, quando deixou o São Paulo, ele afirmou estar ciente dos problemas administrativos vividos pelo Alvinegro Praiano, e que necessitava de um desafio como esse.

– Chego sabendo dos problemas. Sei as coisas que podem e devem acontecer ao longo do ano. Estou preparado e faço parte da engrenagem. Junto com torcedor, jogadores, diretoria. De repente vamos vender um ou outro, mas não podemos perder a força. Criar alternativas, descobrir novos jogadores. Vou trabalhar direto, não só aqui, na base – disse o treinador.

Para a partida desse domingo contra o Red Bull Bragantino, às 16h, na Vila Belmiro, o Santos não deve ter muitas mexidas na escalação. Felipe Jonatan, que havia sido punido por três jogos por expulsão no ano passado, conseguiu efeito suspensivo e vai para a partida. Uma provável escalação tem Vladimir; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Kaio Jorge (Uribe) e Soteldo. Técnico: Cuca.

Resta saber se, com novo treinador, o Santos dará a volta por cima e conseguirá amenizar o clima pesado nos arredores da Vila Belmiro.