Evandro - Santos

Evandro foi titular em apenas duas partidas em 2020 (Foto: Ivan Storti/Santos)

Fábio Lázaro*
09/04/2020
06:00
Santos (SP)

Santos e Evandro possuem imbróglios referentes a renovação contratual do atleta, que se encerra no dia 30 de julho. Para Pedro Dória, membro do Comitê de Gestão santistas, a postura dos representantes do jogador tem sido forçar a extensão do vínculo, pressionando o clube através dos veículos de comunicação.

Segundo Pedro, em entrevista ao Instragram do jornalista Fellipe Camargo, a estratégia “faz parte do show” e a renovação acontecerá apenas se a Comissão Técnica e o Departamento de Futebol entenderem que vale a pena.

– Se o atleta for de interesse da comissão (técnica), vai continuar. O que eu entendo é que o Evandro é um jogador importante para esse elenco, reúne condições, qualidade, é um bom caráter, um bom jogador. O que é público e notório que os empresários utilizam a imprensa para cobrar o clube e forçar uma renovação que seja mais vantajosa ao atleta, é justo – disse.

Há uma cláusula contratual que permite a extensão automática do contrato de Evandro com o Santos até dezembro, mas o clube ainda não procurou os empresários dos atletas. O Peixe, inclusive, ainda não pagou a comissão dos agentes pela chegada do meia em 2019 e a dívida, com a inclusão da multa, atualmente está em R$ 200 mil, informação publicada inicialmente pela “Gazeta Esportiva” e confirmada pelo LANCE!.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini