Marcelo Teixeira, Orlando Rollo e Peres - Santos

Marcelo Teixeira afirmou que Orlando Rollo tem até um mês para decidir seu futuro no Santos (Ivan Storti/Santos FC)

Arthur Faria
16/04/2019
06:00
Santos (SP)

O ainda vice-presidente do Santos, Orlando Rollo, diz não ter recebido nenhuma notificação do Conselho Deliberativo em relação ao tempo de definição de seu futuro no clube.

Na última segunda-feira, o presidente do Conselho Deliberativo do Santos, Marcelo Teixeira, afirmou que Rollo tinha até 30 dias para decidir se voltaria ou renunciaria ao cargo de vice-presidente do Peixe.

- Vou esperar ser notificado oficialmente desta decisão, até porque recebi outro parecer da comissão de estatuto - disse Rollo rapidamente à reportagem do LANCE!

Rollo pediu afastamento da vice-presidência do Santos em janeiro deste ano. Em rota de colisão político com José Carlos Peres, o dirigente do Peixe não tem participado das reuniões do Comitê Gestor desde então.

Ele também não opinava sobre as últimas decisões do clube, como a chegada e a saída de reforços. Vale lembrar que, após o veto do Impeachment pelos sócios, em setembro, Peres tirou as portarias de segurança, esportes olímpicos e futebol feminino da gestão de Rollo.