Gustavo Gómez Palmeiras

O zagueiro Gustavo Gómez é titular absoluto na zaga palmeirense (Foto: Agência Palmeiras)

Rafaela Cardoso
21/12/2021
07:00
São Paulo (SP)

No segundo texto da série de retrospectiva por posições do Palmeiras, o LANCE! vai trazer uma avaliação dos zagueiros e laterais do clube. Entre os zagueiros, Gustavo Gómez - titular absoluto do elenco e da seleção paraguaia -, Luan e Renan foram os que mais jogaram, e Kuscevic também teve oportunidades de mostrar trabalho ao técnico Abel Ferreira.


Gustavo Gómez se tornou um dos principais jogadores do elenco palmeirense desde que chegou ao clube, em julho de 2018. Titular absoluto, ele atua, geralmente, ao lado de Luan ou Renan. Luan, alias, precisou superar as críticas com erros cometidos em jogos decisivos. Apesar disso, foi o beque que mais atuou na temporada.

Renan, joia do clube de 19 anos, foi um dos destaques da campanha palmeirense na Libertadores. Autor de um gol no torneio continental, ele foi titular no jogo decisivo contra o Atlético-MG, pela semifinal, que terminou com a classificação do Verdão no Mineirão.

Nas laterais, os jogadores tanto na direita quanto na esquerda se revezaram bastante, até em razão da quantidade de jogos do Verdão no ano. Além de finalizar a temporada 2020 em fevereiro, o Alviverde também disputou mais jogos, já que foi novamente campeão da Copa Libertadores. Marcos Rocha, Mayke e Victor Luís foram os que mais atuaram. Em seguida, vem Piquerez e, por fim, Jorge, que jogou apenas sete vezes, todas pelo Nacional.

Na temporada 2021, o Palmeiras disputou 72 jogos e sofreu 71 gols nas seguintes competições em que disputou: Campeonato Brasileiro (43 gols), Libertadores (10), Copa do Brasil (1), Campeonato Paulista (12), Recopa Sul-Americana (3), Supercopa do Brasil (2).

Confira os números:

Gustavo Gómez - 40 jogos: 20 (Brasileirão), 12 (Libertadores), 5 (Paulista), 2 (Recopa), 1 (Supercopa), 3 gols marcados
Luan - 48 jogos: 26 (Brasileirão), 11 (Libertadores), 6 (Paulista), 2 (Recopa), 2 (Copa do Brasil), 1 (Supercopa), 1 gol marcado
Renan - 41 jogos: 21 (Brasileirão), 8 (Libertadores), 10 (Paulista), 2 (Copa do Brasil), 1 gol marcado
Kuscevic - 15 jogos: 11 (Brasileirão), 2 (Libertadores), 2 (Paulista)
Marcos Rocha - 37 jogos: 22 (Brasileirão), 10 (Libertadores), 1 (Paulista), 2 (Recopa), 1 (Copa do Brasil), 1 (Supercopa), 1 gol marcado
Mayke - 32 jogos: 12 (Brasileirão), 4 (Libertadores), 11 (Paulista), 2 (Recopa), 2 (Copa do Brasil), 1 (Supercopa)
Piquerez - 16 jogos: 12 (Brasileirão), 4 (Libertadores)
Victor Luís - 32 jogos: 16 (Brasileirão), 5 (Libertadores), 9 (Paulista), 2 (Copa do Brasil), 1 gol marcado

*Números não contam a reta final da temporada de 2020, que foi finalizada em fevereiro de 2021 por conta das mudanças no calendário devido à Covid-19.