Rony Palmeiras

Rony tem treinado como se já tivesse a liberação da Fifa e está concentrado agora (Cesar Greco/Agência Palmeiras)

William Correia
21/07/2020
16:04
São Paulo (SP)

O Palmeiras ainda tem esperança de contar com Rony contra o Corinthians, em Itaquera, mas é reduzida. O atacante está concentrado com o elenco na Academia de Futebol e relacionado para o clássico, e aguardará até 17h desta quarta-feira, pouco antes da partida marcada para 21h30, para saber se tem a liberação da pena de quatro meses que a Fifa lhe impôs.

No momento, a única forma de o camisa 11 ter esse aval é uma resposta da Corte Arbitral do Esporte (CAS) para o pedido de efeito suspensivo. Se for aceito, o jogador fica livre para continuar entrando em campo enquanto não passa pelo julgamento em última instância do seu caso.

Já não existe mais a expectativa de que essa resposta chegue ainda nesta terça-feira. Rony, no entanto, vem treinando como se fosse participar do clássico e, inclusive, foi relacionado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. O atacante ficará concentrado na Academia de Futebol e, dentro do que foi programado, só será cortado caso não chegue a resposta do CAS.

O treinador trabalhou com opções sem Rony no time, mas, até semana passada, quando chegou a informação da suspensão da Fifa, a preparação era tê-lo como titular no Dérbi. O próprio atacante tem demonstrado apreensão para entrar em campo no clássico e pediu à comissão técnica que continue contando com ele para a partida até o último momento possível.

Na tentativa de liberar o jogador, seus advogados e o Palmeiras realizaram consultas à CBF e também procuraram a Fifa, mas só haverá tempo hábil para uma resposta do CAS. Para que o jogador tenha condições de enfrentar o Corinthians, não terá aval nem mesmo para validação da Fifa um acordo entre o Athletico-PR, punido também no caso, e o Albirex Niigata, clube japonês que entrou com ação por conta do imbróglio na saída de Rony.

O problema com o Albirex Niigata surgiu em 2017, quando Rony deixou o clube após um ano de empréstimo, sendo acusado de abandono de emprego. O imbróglio atrapalhou a sua carreira. Em 2018, ele anunciado pelo Botafogo, mas o clube carioca desistiu ao ser alertado pelo time japonês. Ainda em 2018, o Corinthians e o próprio Palmeiras também tentaram a contratação e foram desmotivados por seus departamentos jurídicos.

Quem acabou acertando com Rony, em 2018 mesmo, foi o Athletico-PR, que acabou punido também pela Fifa. O Palmeiras, que o contratou no final de fevereiro por 6 milhões de euros (cerca de R$ 28 milhões, na época) e acertou vínculo até dezembro de 2024, será afetado somente dentro de campo caso a pena da Fifa seja mantida.

Por enquanto, são três ausências confirmadas oficialmente para o Dérbi: Gómez, o lateral-direito Marcos Rocha, que cumpre suspensão por ter sido expulso na última rodada antes da pausa do torneio devido à pandemia, e o atacante Dudu, emprestado ao Al Duhail, do Qatar. O clássico está marcado para 21h30 desta quarta-feira. O Palmeiras ostenta a segunda melhor campanha geral e do Grupo B do Paulista, com 19 pontos somados em dez rodadas, ficando atrás do Santo André somente no saldo de gols.