Palmeiras

Palmeiras empatou com o Corinthians e ainda não venceu no Brasileiro após a Copa América (Foto: Cesar Greco)

Thiago Ferri
05/08/2019
07:00
São Paulo (SP)

O Palmeiras ainda não venceu no Brasileiro após a pausa para a Copa América (três empates e uma derrota), perdeu a liderança para o Santos e acaba a 13ª rodada com a maior distância para a ponta até aqui: quatro pontos.

Depois do 1 a 1 com o Corinthians, o discurso no Verdão foi o mesmo de quanto estava na primeira posição e com folga, de que muito irá mudar até o fim do campeonato.

Líder em oito das 13 rodadas, o Palmeiras chegou à pausa com cinco pontos de frente. O início dominante fez o atual campeão ser colocado como favorito disparado a conquistar a taça do Brasileiro - alguns jornalistas chegaram a dizer que dificilmente o título escaparia. Na época, Luiz Felipe Scolari repetia que restavam muitos pontos em disputa - no domingo, ele citou o dado de novo.

- Eu vejo a minha equipe, o Palmeiras melhorando dia a dia. Não foi bem nos primeiros vinte dias depois da Copa América, mas nos últimos três jogos não tenho nada a cobrar dos jogadores, a não ser posicionamento de bola aérea. Eu dizia, com nove rodadas, lembram? Já falavam que ganhamos o campeonato, mas tinham um monte de pontos para disputar. Agora tem 75 pontos a disputar. É muito ponto, muita coisa vai acontecer, calma - justificou.

Enquanto o Verdão somou três pontos em 12 possíveis depois da pausa (1 a 1 com São Paulo, Vasco e Corinthians, além da derrota por 2 a 0 para o Ceará), o Santos tem 100% de aproveitamento: 1 a 0 em Bahia e Botafogo, 3 a 1 no Avaí e 6 a 1 no Goiás, no domingo de manhã.

No sábado que vem, o rival alvinegro fará o clássico contra o São Paulo, enquanto o Palmeiras receberá o Bahia, no Allianz Parque.

Ainda que o Dérbi tenha aumentado a série de partidas sem vencer no Nacional, os jogadores entendem que há coisas positivas a se tirar do empate.

- Começamos o jogo muito bem, infelizmente sofremos o gol de bola parada, e o Corinthians se fechou. Tentamos forçar o jogo, tentando o empate, voltamos melhor e conseguimos o gol. Poderíamos ter vencido. Não foi o resultado que a gente queria, mas foi um grande jogo. É valorizar o ponto conquistado - completou Bruno Henrique.