Paulo Nobre

Ex-presidente contestou escolhas de Tite para disputar a Copa América a partir do mês que vem (Foto: Reprodução)

LANCE!
19/05/2019
14:42
São Paulo (SP)

Presidente do Palmeiras entre 2013 e 2016, Paulo Nobre voltou a utilizar suas redes sociais, neste domingo, para comentar sobre a Seleção Brasileira. O dirigente estranhou a convocação de Tite para a Copa América não ter nenhum jogador do clube que ganhou dois Campeonatos Brasileiros nos três últimos anos e foi vice na edição que não conquistou neste período.

- Seleção Brasileira é sempre uma grande expectativa! Mas é, no mínimo, curioso ver que tem um time no Brasil que ganhou dois e foi vice dos últimos três, é o atual líder do Brasileirão neste ano, com a maior série invicta da história, e não teve nenhum jogador convocado dos três que jogam no Brasil! - escreveu o ex-dirigente.

Confira a publicação de Paulo Nobre:

No Instagram, Paulo Nobre publicou um texto maior, destacando a importância do Palmeiras na história da Seleção e do futebol brasileiro e indicando não se sentir representado pelo elenco escolhido por Tite para a Copa América.

Confira o post do ex-presidente no Instagram:

Em suas publicações, Nobre utilizou uma imagem da inauguração do Mineirão, em 7 de setembro de 1965. Nessa data, a Seleção Brasileira foi inteiramente representada pelo elenco do Palmeiras, inclusive comandada pelo técnico argentino Filpo Núñez, e derrotou o Uruguai por 3 a 0, em um dos grandes momentos da equipe conhecida como Academia de Futebol.

O Verdão foi campeão brasileiro em 2016 e 2018 e ficou em segundo lugar no torneio em 2017. Atualmente, ostenta a maior invencibilidade de sua história na competição: 28 jogos sem perder, recorde no campeonato em pontos corridos e terceira maior sequência considerando todas as fórmulas do torneio.

Além disso, os comandados de Luiz Felipe Scolari têm a melhor campanha, o ataque mais positivo e a defesa que menos sofreu gols tanto do Brasileiro quanto da Libertadores. O clube ainda terminou o Campeonato Paulista com a melhor campanha, mesmo caindo nas semifinais.

Havia a expectativa de que fossem chamados o goleiro Weverton, convocado por Tite para amistosos neste ano, o volante Bruno Henrique, que inclusive aparece na Seleção Brasileira no álbum oficial da Copa América, e o atacante Dudu, eleito o craque do último Brasileiro nos principais prêmios. Mas o treinador levou só três que atuam no futebol nacional: o goleiro Cássio e o lateral-direito Fagner, do Corinthians, e o atacante Everton, do Grêmio.