Vanderlei Luxemburgo

Luxa reconheceu que time precisa mudar maneira de jogar (Foto: Mauricio Rummens/Photo Premium/Lancepress!)

LANCE!
16/08/2020
00:26
São Paulo (SP)

Depois de um frustrante empate contra o Goiás, por 1 a 1, o técnico Vanderlei Luxemburgo avaliou a performance do Palmeiras na noite deste sábado, no Allianz Parque. Ele reconheceu a atuação aquém do desejado e disse que, passado o Campeonato Paulista, agora é o momento de encontrar uma maneira de jogar o Brasileirão.


- Nós jogamos uma partida bem abaixo do que esperávamos. A gente vem tentando, trabalhando, mas é muito pouco tempo para trabalhar, fazendo mudanças para tentar achar o ideal, como fizemos no Paulista. Para o Brasileiro, temos que mudar, evoluir a maneira de jogar e de comportamento dentro de campo, porque é um campeonato diferente. O torcedor tem que entender que estamos em busca do melhor – disse o treinador em coletiva após o jogo, que foi válido pela terceira rodada da competição.

O Alviverde entrou em campo com a formação considerada titular, apenas com Felipe Melo, machucado, como desfalque. Já foram três rodadas do nacional, sendo que o time conquistou dois pontos em dois jogos – a primeira partida, contra o Vasco, foi adiada justamente por conta da disputa da final do estadual, vencida pelo clube.

Luxa aproveitou para analisar o adversário desta noite, que estava com 15 desfalques no total devido ao coronavírus, e disse que o mérito pelo gol de empate, de falta, é totalmente do cobrador, no caso, Rafael Vaz.

- A proposta do Goiás, que entrou com três zagueiros, bem fechado, era só o contragolpe. Nós conseguimos fazer um gol de bola parada, que é importante quando se pega uma equipe muito fechada. Até a hora que saiu o gol, estávamos jogando com domínio do jogo e, depois que fizemos o gol, não sei por que, o pessoal deu uma encolhida, chegou para trás, e deixamos de agredir como estávamos agredindo – iniciou sobre o assunto e, depois, complementou:

- Eles conseguiram o gol ainda no primeiro tempo e eu pedi para os jogadores subirem na falta. Falei ‘sobe, porque ele bate muito bem na bola’. Ele foi muito inteligente, bateu por baixo, tem que dar mérito ao jogador. Você vai criticar o Weverton? A barreira? Não, tem que criticar a mim, que pedi para a barreira subir. Tem que dar mérito ao jogador que viu a barreira subir e bateu embaixo. O Ronaldinho Gaúcho fez um gol assim na Vila Belmiro – finalizou.

O Palmeiras, atualmente na 11ª colocação, volta a jogar no Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira, às 19h30, diante do Athletico-PR, na Arena da Baixada.