Gustavo Gomez

Zagueiro foi autor do gol de empate contra o Goiás (Foto: Mauricio Rummens/Photo Premium/Lancepress!)

LANCE!
16/08/2020
10:00
São Paulo (SP)

Não fosse pelo pulo da barreira, talvez o Palmeiras tivesse vencido o Goiás, na noite do último sábado, por 1 a 0, com gol de Gustavo Gómez, um personagem que foi do céu ao inferno no último final de semana. Cirúrgico durante todo o clássico contra o Corinthians, na final do Campeonato Paulista, acabou cometendo pênalti em Jô no último minuto e quase colocou tudo a perder.


No entanto, isso ficou para trás, pelo menos para o técnico Vanderlei Luxemburgo. Depois de ter ganhado descanso após o título estadual conquistado sobre o rival, ele voltou à zaga palmeirense no empate por 1 a 1 contra o Esmeraldino e recebeu diversos elogios do professor.

- É um jogador brioso, é um excelente jogador. Ter feito o gol foi muito bom para ele. Ele estava chateado depois do gol (do Goiás), porque poderíamos ter saído com a vitória com um gol dele. É boa a recuperação, porque houve aquele problema no clássico, na final do Campeonato (Paulista). Ele ficou muito abatido, mas tenho conversado com ele. Tem que entender que faz parte do jogo de futebol, aquilo que aconteceu no jogo contra o Corinthians, que ele não se abatesse porque ele tem muito potencial – iniciou o técnico em coletiva de imprensa após o empate.

Este foi o segundo tento marcado pelo paraguaio em 2020, o décimo em sua passagem pelo Palmeiras. Além do pênalti cometido por ele na final do Paulistão, ele ainda foi protagonista de uma longa novela de negociação com o clube, o que acabou não agradando parte da torcida.

Ainda assim, ele é um dos mais respeitados do elenco pelo que apresenta dentro de campo. Com um jogo no Brasileiro-2020, tem um gol, 75% das disputas de bola vencidas e 71% dos duelos aéreos, segundo o SofaScore. No estadual, ele havia atuado em 13 jogos, feito também um gol e colecionado bons números. Luxa ainda deu o recado para aqueles que desconfiaram de seu “amor pela camisa”.

- É um jogador com uma característica muito boa, ele tem agressividade, a competitividade, uma série de coisas que ele tem de bom e não pode ficar com esses dez segundos que faltava para terminar, do pênalti, nas costas. Ele mostrou que está dentro do nosso trabalho por inteiro – finalizou.

Depois do empate por 1 a 1 contra o Goiás, na noite deste sábado, o próximo compromisso do Palmeiras será contra o Athletico-PR, na quarta-feira, às 19h30, na Arena da Baixada. Será a quarta rodada do Brasileirão.