Abel Ferreira Galiotte

Galiotte segura a Copa do Brasil com Abel Ferreira (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
24/06/2021
17:00
São Paulo (SP)

O presidente do Palmeiras deu entrevista ao programa Seleção SporTV na tarde desta quinta-feira (24) após a derrota por 3 a 1 do Verdão para o Bragantino pelo Brasileirão. Maurício Galiotte comentou sobre a relação com Abel Ferreira, que se mostrou estremecida depois de mais uma forte cobrança pública do treinador por reforços para a equipe.

Brasileirão, NBA… Saiba onde assistir aos eventos esportivos de quinta-feira

- O que eu posso dizer é que não agrega. Não soma. Até porque, ele sabe de todos os detalhes. Isso não soma nem pro Abel, nem pros jogadores, nem pra direção e nem para o torcedor. Acaba expondo situações já tratadas internamente pelo clube. Eu também quero reforçar a minha equipe, ter um time imbatível. O Abel sabe disso. Trabalhamos com muita transparência. Todos aqui tem o mesmo objetivo: vencer - explicou o presidente.

Em seguida, Galiotte reforçou, que apesar das declarações, a diretoria tem muita confiança na comissão técnica de Abel e também na qualidade do elenco alviverde.

>> Veja a tabela completa do Brasileirão

- O futebol é sempre movido por emoção. Abel é muito capacitado, intenso. Busca sempre as melhores equipes e as vitorias. Sabemos que não vamos ganhar sempre. O resultado depende de detalhes e as situações não sempre como a gente espera. O Palmeiras tem um grupo muito qualificado e eu confio muito em todos os jogadores do elenco. A mesma coisa acontece com a comissão técnica e com Abel. A nossa confiança é total - afirmou.

Desde 2017 na presidência do clube, Maurício deixa o cargo no final desse ano. Novamente, voltou a citar como objetivo principal desta temporada, entregar para seu sucessor um Palmeiras equilibrado financeiramente.

- Meu mandato acaba daqui a seis meses. Eu poderia contratar três, quatro jogadores, montar um esquadrão e acabar campeão e deixar a conta lá pra frente. Para as outras gestões. Nós não vamos fazer desta maneira. Falei para o Abel outro dia exatamente isso. Nós temos uma situação peculiar, específica. Toda crise que vivemos no ano passado se mantém esse ano. Óbvio que o relatório do futebol é importante, mas temos que ter equilíbrio.

Ao final da conversa, o mandatário ainda revelou que Lucas Lima e Patrick de Paula, afastados por participarem de aglomerações clandestinas, serão reintegrados ao elenco e voltarão aos treinos na sexta-feira (25).

Veja os demais trechos da entrevista do presidente do Verdão ao SporTV.

O Palmeiras ainda busca reforços?

- Estamos no mercado. É sempre importante dizer que o nosso grupo é muito qualificado. Nós somos campeões da Libertadores, da Copa do Brasil e do Paulista. Esses mesmos jogadores. Você não ganha a Tríplice Coroa se você não tem qualidade, se vocês não tem condições de elenco e estrutura. O Palmeiras reúne tudo isso. Se pudermos agregar valor, faremos. Estamos atento ao mercado, mas temos que ter muito equilíbrio.

Relatório de Abel entregue à diretoria

- Quando as competições se encerraram, o Abel fez um balanço da mesma maneira que todos os departamentos do clube fizeram. Vimos algumas ponderações e tentamos buscar no mercado sempre com muito equilíbrio. Nenhum momento deixamos de tratar esse assunto. Muitas vezes, eu tratei diretamente esse tema com Abel. Obviamente que ele responde que quer um grupo cada vez mais forte para ganhar sempre. Nós pensamos da nossa maneira. Ninguém mais do que eu quer um grupo forte e um time competitivo. Ninguém mais do que eu, nesta reta final de gestão, quer um time que seja campeão.

Comunicação com o treinador português

- O Abel sabe das nossas justificativas. Hoje temos uma situação de pandemia que ainda se arrasta infelizmente. Afetou todos os seguimentos do futebol. Temos que ter responsabilidade. A gente passa tudo para o Abel, divide tudo com ele. Ele sabe exatamente tudo que o Palmeiras buscou e ainda tenta. Vimos até maio a situação do Dudu para ser definida. O jogador voltou e daqui a uma semana está treinando conosco. É um reforço enorme, é um ídolo. são situações que temos que considerar.

Análise sobre o elenco do Palmeiras

- O futebol não tem receita pronta. Você tem vários exemplos. Alguns são vencedores e seguem com o grupo, Palmeiras 93/94 é exemplo. Temos um grupo com jovens promissores. Também temos experientes que agregam. Grupo equilibrado. O Palmeiras tem um grupo híbrido (jovens e experientes) que ganhou 3 campeonatos. Não estamos completamente errados. O caminho é esse. Ajustes cabem em todos os elencos, mas temos que fazer com equilíbrio. Tem que saber o que faz e nós sabemos o que estamos fazendo.