Luan

Foi detectada sobrecarga na coxa direita do zagueiro Luan, substituído no sábado (Agência Palmeiras/Divulgação)

William Correia
27/05/2019
15:45
São Paulo (SP)

Luan não tem lesão, mas deve ser poupado. Substituído no sábado, na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, com dores na virilha direita, o zagueiro passou por exames que detectaram uma sobrecarga. O Palmeiras deve manter os cuidados com o jogador, deixando-o fora contra o Sampaio Corrêa, na quinta-feira, no Allianz Parque, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

O diagnóstico apontou uma sobrecarga no tendão do músculo adutor da coxa direita do camisa 13, sem apresentar rotura ou lesão muscular no local. Um alívio diante da possibilidade de uma contusão que poderia torná-lo desfalque nas partidas que restam antes de as competições sejam paralisadas por conta da disputa da Copa América, entre junho e julho.

Luan precisou ser substituído aos 26 minutos do segundo tempo no sábado, em Brasília, reclamando de dores na virilha. O zagueiro iniciou tratamento nesse domingo, quando a delegação já estava de volta a São Paulo, na Academia de Futebol.

Na costumeira alternância nas escalações, o técnico Luiz Felipe Scolari deveria dar nova chance a Antonio Carlos e Edu Dracena contra o Sampaio Corrêa, já que ambos atuaram na vitória por 1 a 0 na ida das oitavas de final da Copa do Brasil, no Maranhão, na quarta-feira. E escalaria Luan e Gómez novamente no domingo, contra a Chapecoense, em Santa Catarina. Mas existe a chance de Gómez ser liberado ao Paraguai antes da data prevista - próxima segunda-feira.

Atuando mais tempo juntos desde a definição das duplas de zaga com a chegada de Felipão, em julho, Luan e Gómez já formaram a principal parceria no ano passado e, em 2019, não leva gol desde 2 de fevereiro, quando Danilo Avelar definiu a vitória por 1 a 0 do Corinthians, aos sete minutos de Dérbi. De lá para cá, são 1061 minutos sem o time levar gol com ambos.

Caso Luan não tenha condições físicas de jogar, o mais provável é que Antonio Carlos ganhe uma oportunidade ao lado de Gómez. Foi ele o escolhido para substituir o camisa 13 em Brasília e tem a confiança de Scolari, como o próprio treinador falou depois da vitória sobre o Botafogo.

- (Luan e Gómez) É uma dupla de zaga que se acertou muito e, por isso, dá uma garantia muito grande ao Palmeiras. Mas, quando entrou o Antonio Carlos, correspondeu plenamente e se integrou com o Gustavo da mesma forma que o Luan. Temos bons jogadores. Tudo tranquilo, seguimos em frente - disse.