Cerro x Palmeiras

Jogadores do Palmeiras comemoram na vitória sobre o Cerro Porteño, no Paraguai (Foto: AFP)

LANCE!
10/08/2018
00:12
São Paulo (SP)

Os jogadores do Palmeiras consideraram que o espírito de luta e a boa execução da estratégia de Felipão foram decisivas para a vitória sobre o Cerro Porteño (PAR). Com os 2 a 0 aplicados no Paraguai, o Verdão pode até perder por um gol de diferença na volta, que vai às quartas de final da Libertadores.

- A vantagem é muito grande, fora de casa, com gol qualificado. A equipe está de parabéns pelo jogo que fizemos, pela parte tática que o professor pediu para a gente. Agora é descansar e pensar no Vasco - celebrou Dudu, ao Sportv.

Felipe Melo, um dos destaques defensivos do Verdão, disse que o espírito mostrado pela equipe já havia sido apresentado antes, em jogos como contra o Boca Juniors, na Bombonera. A experiência de Scolari, contudo, fez diferença.

- Primeiro de tudo tem de ressaltar o espírito de luta da equipe, mas este espírito de luta veio contra o Boca também, contra o São Paulo em casa. A experiência de um técnico campeão do mundo ajuda muito. E estamos felizes, porque fizemos um grande jogo, de novo fora de casa contra uma grande equipe tivemos nosso gol imbatível. Temos de agradecer muito a Deus, e seguir crescendo e trabalhando - analisou.

Borja, eleito o melhor em campo depois dos gols, foi mais modesto com as palavras. Ele agora tem oito gols na Copa Libertadores e é o vice-artilheiro, atrás apenas de Morelo, do Santa Fe (COL), que marcou nove.

- Glória a Deus, o time ganhou hoje e foi um jogo muito inteligente. A gente trabalhou bem e estamos muito felizes. Bom levar três pontos para casa - encerrou o colombiano, também artilheiro do Verdão no ano com 17 gols.

Palmeiras e Cerro se reencontram no dia 30 de agosto. O Verdão pode perder por um gol de diferença no Allianz Parque, que mesmo assim passa de fase.