Felipe Melo

Felipe Melo foi liberado do treino desta terça-feira porque se apresentou com febre (Agência Palmeiras/Divulgação)

William Correia
14/05/2019
16:22
São Paulo (SP)

O Palmeiras se reapresentou na tarde desta terça-feira depois de um dia de folga, e a ausência foi Felipe Melo. O volante esteve na Academia de Futebol, mas como estava com febre recebeu a liberação das atividades no gramado ao lado dos companheiros.

Muito elogiado pelo técnico Luiz Felipe Scolari no domingo, inclusive ouvindo do chefe que fez o seu melhor jogo pelo clube na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, o camisa 30 publicou em suas redes sociais que estava com febre. Diante do quadro, teve aval do clube para se recuperar.

Além do meio-campista, outro que não apareceu no gramado foi Gustavo Scarpa. O camisa 14 ainda trata da lesão na perna direita que já o deixou fora da partida do fim de semana. Dificilmente ele terá condições de entrar em campo contra o Santos, no sábado, no Pacaembu.

Os outros ausentes já eram esperados: o meia-atacante Ricardo Goulart, que operou o joelho direito no começo do mês, e o atacante Willian, em trabalho de transição física depois de passar por cirurgia no joelho direito. Ambos só devem ter condições de entrar em campo no segundo semestre.

O Palmeiras terá a semana livre para o seu primeiro clássico no Campeonato Brasileiro. A equipe lidera a competição com os mesmos dez pontos de Santos e São Paulo, mas está na frente no saldo de gols - os comandados de Felipão têm sete no quesito, contra cinco do Peixe e quatro do Tricolor.

O duelo diante do time comandado por Jorge Sampaoli está marcado para 19h de sábado. O confronto tem mando do Palmeiras e ocorrerá no Pacaembu porque o Allianz Parque estará à disposição da banda Los Hermanos.