Felipão

Luiz Felipe Scolari já disputou o Dérbi 30 vezes e venceu em dez delas (Foto: Cesar Greco)

Thiago Ferri
03/08/2019
08:00
São Paulo (SP)

Luiz Felipe Scolari é o segundo técnico com mais Dérbis disputados pelo Palmeiras: são 30, só atrás dos 36 do histórico Oswaldo Brandão. Com clássicos marcantes em estádios como Allianz Parque/Palestra Itália, Morumbi e Pacaembu, ele estreará com o Verdão em Itaquera, onde o time visita o Corinthians, neste domingo, às 19h, pela 13ª rodada do Brasileirão.

O retrospecto do técnico diante do maior rival alviverde é equilibrado: dez vitórias, nove empates e 11 derrotas. As classificações nas Libertadores de 1999 e 2000 estão entre os Dérbis mais marcantes do gaúcho, que nesta volta ao Verdão venceu um deles (no Brasileiro de 2018) e perdeu outro (no Paulista de 2019), ambos no Allianz.

A única vez que Felipão trabalhou na Arena Corinthians foi em 2014, na Copa do Mundo: vitória com a Seleção Brasileira por 3 a 1 sobre a Croácia, na estreia da Copa do Mundo. O restante daquela campanha não passou mais por São Paulo.

A história alviverde em Itaquera também tem momentos de glória - como a classificação à final do Paulista de 2015, além das vitórias nos Brasileiros de 2015 e 2016 -, mas foram quatro derrotas nos últimos cinco Dérbis no local. O retrospecto alviverde na arena do adversário é: três vitórias, um empate e cinco derrotas.

O clássico é a chance de o Palmeiras recuperar a ponta do Brasileirão e encerrar a sequência de três rodadas sem triunfos. Para terminar na primeira posição novamente, o time de Felipão precisa ganhar e torcer contra o Santos, que no domingo recebe o Goiás, às 11h.

Como fez ao longo da história contra o Corinthians, Felipão mantém mistério na escalação. Borja sofreu um entorse no tornozelo esquerdo e é considerado dúvida - nenhum treino foi aberto para a imprensa.